Cláudio Furlan, de 53 anos, acabou com a própria vida, depois de atirar com uma espingarda na mulher Idalina Aparecida Coelho Furlan, de 52 anos, conhecida também como Cida Furegatti. Ele completaria 54 anos, no dia 14.

De acordo com informações preliminares eles passavam por problemas familiares e estavam em fase de separação. Na manhã desta quarta-feira, dia 8, após um desentendimento, ela saiu correndo da residência pela Estrada do Atibaianos.

Ele foi atrás e cometeu o assassinato.

Primeiro atirou contra ela. Depois tirou sua própria vida.

A Polícia Militar foi acionada, as 11h24,  para atender uma ocorrência encontro de cadáver e quando lá chegou encontrou os dois já sem vida.

O crime foi registrado no Plantão Central da Policia Civil. A perícia esteve no local.

Cida era funcionária do SAMA e todos ficaram chocados com o crime.