A Prefeitura de Tuiuti informa que um homem morreu com suspeita de Febre Amarela. Ainda não há confirmação da causa da morte.

A informação foi divulgada na segunda-feira, dia 10, na página oficial da Prefeitura de Tuiuiti, onde diariamente são divulgados dados sobre o assunto. (Confira http://www.tuiuti.sp.gov.br/atualizacoes-sobre-a-febre-amarela/).

O homem morava no centro e trabalhava no Bairro do Sertãozinho, em Amparo, local que faz divisa com Tuiuti.

O município, que já vacinou cerca de 3 mil pessoas, informa ainda que intensificou a vacinação no Centro de Saúde, estendendo o atendimento para o período noturno, hoje, dia 12, das 18h às 21h e também está realizando através da SUCEN, o trabalho de dedetização no Centro da Cidade,  conforme orientações do Grupo de Vigilância Epidemiológica de Campinas.

De acordo com informações da Prefeitura de Tuiuti, o número de macacos mortos recolhidos para análise, subiu para 14, sendo que um foi confirmado com Febre Amarela e os outros 13 ainda estão em análise.

 

EM BRAGANÇA VACINAÇÃO CONTINUA

A Prefeitura de Bragança Paulista realizará no próximo final de semana, ou seja, no sábado, dia 15, e no domingo, dia 16, o segundo mutirão de vacinação contra a Febre Amarela, na Zona Rural do município.

Desta vez, serão vacinados os moradores dos bairros próximos a Pinhalzinho como por exemplo: Jardim das Palmeiras, Curitibanos e Araras dos Cardosos. As pessoas que não forem atendidas no mutirão serão vacinadas entre segunda e quinta-feira.

No último final de semana, a Divisão de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doenças, vacinou 1984 pessoas no primeiro mutirão.

Foram atendidos moradores dos bairros: Atibaianos, Modestos, Rio Abaixo, Sete Barras, Mãe dos Homens, Usina, Caetano, Araras dos Pereiras e Couto, que são próximos à Tuiuti, onde foram encontrados 14 macacos mortos.

Caso algum morador dessas áreas não tenha recebido a vacina, é preciso que procure a Unidade de Saúde no Mãe dos Homens para agendar a vacinação, até quinta-feira, dia 13.

Bragança Paulista não possui nenhum caso suspeito de Febre Amarela. Outras informações poderão ser obtidas junto à Divisão de Vigilância Epidemiológica e Controle de Doenças no telefone (11) 4034-4144, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h.