Com o objetivo de tentar se livrar da prisão, Marcos Gabriel Gilabel de Santana, de 24 anos, tentou subornar guardas civis e policiais civis na noite de quarta-feira, dia 13, oferecendo aos mesmo R$ 15 mil. Ele também tentou  se passar pelo irmão e agora, além de responder por crimes anteriores dos quais é acusado também responderá por corrupção já que tentou subornar os policiais e foi preso em flagrante por isto.

Tudo começou com um alerta no Complexo Integrado de Segurança Emergência e Mobilidade (CISEM), que indicou que o veículo Gol, de placas de Extrema, que era conduzido pelo acusado, estava saindo do município em direção à Rodovia Fernão Dias.

O veículo estava sendo monitorado. porque havia suspeita de que o mesmo era utilizado durante assaltos cometidos na cidade.

No momento da abordagem o rapaz mostrou a certidão de nascimento do irmão chamado Leonardo.

Como ele estava muito nervoso, os policiais desconfiaram do documento. Foi então que ele ofereceu aos policiais R$ 15 mil para não ser levado para a delegacia.

Marco Gilabel confessou então que era procurado da Justiça por causa de um assalto na cidade de Santo André, que vitimou um policial federal.

Ele foi então conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil, autuado em flagrante por corrupção ativa e recolhido a cadeia. A participação dele em assaltos em Bragança Paulista continuará sendo investigada.