licitação radares

A Prefeitura de Bragança Paulista pretende implantar mais radares bem como lombadas eletrônicas em Bragança Paulista ainda no primeiro semestre de 2019. Desde maio de 2018, os equipamentos estão desligados, por causa do fim do contrato com o Consórcio Via Segura.

Leia + https://bragancaempauta.com.br/radares-comecam-a-ser-desligados-em-braganca-paulista/

Quem deve operar os radares é a empresa Splice, vencedora da licitação. O certame começou em 2017 e chegou a ser paralisado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE) após denúncias. Na sequência, aliás ele foi paralisado e readequado pela própria Prefeitura.

No dia 7 de dezembro de 2018 o processou chegou ao fim com a homologação do resultado da licitação. Passado quase um mês, entretanto, a Prefeitura ainda não assinou o contrato, bem como não deu ordem para execução do serviço. A Prefeitura de Bragança Paulista informou à  reportagem do Jornal Bragança Em Pauta que isto deve acontecer nos próximos dias.

Leia + https://bragancaempauta.com.br/homologacao-licitacao-radares/

A Secretaria de Mobilidade Urbana, criada no início de 2017 pelo prefeito Jesus Chedid, informou que após a assinatura do contrato a previsão é de, enfim,  45 dias, para ligação dos equipamentos.

Além de fiscalização de trânsito os radares, certamente são importantes para a segurança pública. Afinal todos os equipamentos captam placas através de OCR e ajudam no combate à criminalidade e investigações policiais.

Pontos de radares e lombadas em Bragança

Os pontos de implantação de radares e lombadas eletrônicas foram previstos na licitação. Conforme, informações da Prefeitura, dos pontos existentes nas administrações passadas a princípio nenhum será desativado. Vale lembrar que os radares sempre foram duramente criticados nas gestões anteriores pelo grupo Chedid.

Na campanha de 2016 e no Plano de Governo, por exemplo, o prefeito Jesus Chedid, prometeu a redução do número de radares e a substituição por lombadas eletrônicas.

O que se vê, entretanto, é apenas o desligamento de dois pontos de fiscalização porque após entendimentos jurídicos as vias  passaram a ser novamente de responsabilidade do Estado. Ou seja, continuarão desativados os radares da Avenida Dom Pedro I, no Lago do Taboão e da Variante Farmacêutico Francisco de Toledo Leme.

Entre os pontos antigos de fiscalização previstos no edital onde devem ser implantados radares estão:

  • Avenida dos Imigrantes nº 1387 (Vila Malva)
  • Avenida dos Imigrantes nº 6776 (Proximidades da Feira do Rolo)
  • Avenida dos Imigrantes 5242 (Popó)
  • Avenida dos Imigrantes 5052 ( Popó)
  • Avenida Alberto Diniz nº 555
  • Avenida Alberto Diniz nº 1111
  • Avenida Lindóia nº 591 (Proximidades do Petiscos & Cia)
  • Rua João Franco 570

Além disso, serão implantados radares também no seguintes ponto novos:

  • Avenida Tancredo de Almeida Neves (Norte/Sul)  (Antes do acesso ao Santo Agostinho)
  • Avenida Alziro de Oliveira 1260
  • Rua Felício Helito, 75 (Norte/Sul nas proximidades do Posto de Monta)
  • Rinzo Aoki x Alameda XV de Dezembro

Além de aumentar os radares a Prefeitura deve aumentar igualmente as lombadas eletrônicas. Antes havia apenas duas vias com lombadas eletrônica:  Avenida José Gomes da Rocha Leal e Avenida Marrey Júnior. Agora a previsao é de que 10 vias recebam os equipamentos.

Confira todos os pontos que terão lombadas eletrônicas:
  • Avenida Dr José Adriano Marrey Jr. (Ponto antigo)
  • Avenida José Gomes da Rocha Leal. (Ponto antigo)
  • Praça do Matadouro (Antes havia radar de velocidade no semáforo agora está previsto radar e lombada)
  • Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco
  • Alameda XV de Dezembro
  • Rua Santa Cruz
  • Estrada Mauro de Próspero
  • Avenida Pascoalino Cataldo
  • Rua João Franco
  • Avenida Minas Gerais
Fiscalização em semáforos

Além disso, também foram mantidos os radares de velocidade nos semáforos nos seguintes pontos:

  • Avenida José G. Rocha Leal x Rua Dr. Tosta
  • Avenida Juscelino K. Oliveira x Praça Jacinto Osório em frente à escola
  • Avenida dos Imigrantes, altura do 6.613

Nestes locais importante lembrar que além do controle de velocidade também são fiscalizados avanço de sinal vermelho e parada na faixa de pedestre.

Por falar nisto, aliás,  devem ser religados também pontos de fiscalização de avanço de sinal vermelho e faixa de pedestre nos seguintes pontos:

  • Avenida Tancredo de Almeida Neves x Rua Mauro de Próspero
  • Avenida Antonio P. Pimentel x Rua da Liberdade
  • Avenida Antonio P. Pimentel x Rua Profº Luiz Nardy
  • Avenida Minas Gerais x Avenida Lindóia
  • Avenida Dr. José Adriano Marrey Junior x Alameda XV de Dezembro
  • Rua Doutor Freitas x Rua dos Tamoios
  • Avenida José Gomes da Rocha Leal x Travessa Riachuelo
  • Alameda XV de Dezembro x Avenida Francisco Samuel Lucchesi Filho
  • Rua João Franco x Rua Padre João Pastrana
  • Rua João Franco x Rua Gentil Franco
  • Rua Dr. Cândido Rodrigues x Rua Dr. Antonio da Cruz (Bradesco)

Os oito primeiros pontos de fiscalização, por exemplo, foram implantados ainda na administração de João Afonso Sólis (Jango) e os últimos três na gesta de Fernão Dias. Vale lembrar que no cruzamento da Avenida Tancredo de Almeida Neves x Rua Mauro de Próspero na administração de João Afonso Sólis (Jango) havia fiscalização de velocidade no local, mas na administração de Fernão Dias a mesma já tinha sido desligada.

 

 

Deixe uma resposta