Vera Moreira Franco, de 63 anos, irmã do ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco,   foi vítima do golpe do falso sequestro pelo celular.

Ela faria na tarde de hoje, dia 8, um quarto depósito para os criminosos, quando foi localizada pela polícia em uma agência bancária aqui em Bragança Paulista.

Tudo começou na segunda-feira, dia 7, quando ela recebeu um telefonema de que sua filha tinha sido sequestrada.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



A vítima chegou a fazer três depósitos nas contas dos golpistas, totalizando mais de R$ 11 mil.

Ela foi conduzida ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), onde o caso foi registrado e um inquérito instaurado.

Golpes como este são comuns, e geralmente são feitos de dentro de presídios.

Nenhum suspeito foi preso até o momento.

A polícia orienta que ao receber uma ligação telefônica, onde o criminoso diz que sequestrou seu filho ou filha, as pessoas devem manter a calma e imediatamente tentar contactar o parente, que os criminosos dizem ter sequestrado, afim de checar a veracidade da informação.

Também é importante manter a calma, e não passar nenhuma  informação sobre a possível vítima de sequestro. Os golpistas, costuma se aproveitar do nervosismo das vítimas, para conseguir mais informações para extorqui-las.