Os irmãos Cristiano Henrique Dias Borges, de 25 anos e Eriston Diego Dias Borges, de 23 anos, foram presos pela Polícia Militar na noite de  quarta-feira, dia 28, por volta das 20h15, após um roubo a farmácia.

Eles são acusados de cometer também um roubo a um posto de gasolina há poucos metros do 34º Batalhão da Polícia Militar do Interior na semana anterior e roubar mais de R$ 4 mil e segundo informações da PM, eles foram reconhecidos pelo roubo a posto.

ROUBO A FARMÁCIA

Os dois irmãos chegaram na farmácia, na Avenida Humberto de Alencar Castelo Branco, no Tanque do Moinho, usando capacetes.

Um deles estava armado com um revólver.

Eles renderam o proprietário e roubaram R$ 200,00 em dinheiro, cartelas de comprimidos e 1 celular, fugindo em uma motocicleta, cuja placa foi informada à Polícia Militar.

Os policiais iniciaram então patrulhamentos pela cidade e avistaram a motocicleta com dois suspeitos no CDHU Saada Abi Chedid.

Após breve perseguição, os indivíduos foram detidos.

Com eles os policiais encontraram R$ 182,00 em dinheiro, cartelas de comprimidos, 2 celulares e 2 “trouxinhas” de maconha.

Eles foram reconhecidos como autores do roubo à farmácia, sendo então conduzidos ao Plantão Central, autuados em flagrante por roubo e apresentados em audiência de custódia.

A motocicleta que usavam, uma Honda/CG 125 Fan, preta, placa EOY-6638/B.P., foi apreendida e recolhida ao guincho.

ROUBO A POSTO DE GASOLINA

Segundo a Polícia Militar, eles também foram reconhecidos como autores do roubo ao posto de gasolina registrado na quinta-feira, dia 22,na Avenida José Gomes da Rocha Leal, no cruzamento com a Rua Clemente Ferreira, oportunidade em que levaram mais de 4 mil reais.

O roubo aconteceu por volta das 20h, a dupla teria tampado a placa da moto com fita isolante.

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG), que estava investigando o caso, deverá reunir as provas e pedir a prisão deles por causa do roubo ao posto bem como investigar se os irmãos são responsáveis também por outros roubos.