As chuvas do mês de janeiro já acumulam 316 mm, segundo a Defesa Civil de Bragança Paulista. No sábado, dia 21,  choveu 58mm. O acumulado de janeiro já ultrapassa 316,1 mm.  Em janeiro de 2016 a Defesa Civil registrou  um total de 371,5mm de chuvas.

Segundo dados da Prefeitura, no sábado choveu cerca de 1 hora e 20 minutos e houve acumulo de água em diversos pontos, principalmente nas margens dos ribeirões.

Foram identificados alagamentos nas seguintes vias públicas: Rua Francisco Luigi Picarelli, no Jd. Santa Helena, Rua Tupi, no Taboão, Rua Oswaldo Assis Gonçalves, no Jd. Europa, Rua Caieiras e Rua Ernesto Lo Sardo, no Jd. Califórnia, na Avenida Dr. Plínio Salgado e Avenida Alberto Diniz, no Jd. América, Rua Malva, José Gomes da Rocha Leal, 19 de Abril, Antonio da Cruz, Antonio Pires Pimentel, Santa Isabel, Santa Bárbara, São Pedro, Jerônimo Martins Carreteiro, no Centro, e Rua Dona Carolina, Avenida Adv. Zeferino Vasconcelos e Avenidas dos Imigrantes, no Lavapés.

A ponte da Estrada Rural Bragança-Atibaia, na altura das Chácaras Fernão Dias rompeu. Houve um deslizamento de talude na Avenida Salvador Marcowicz, no Jardim Santa Helena.

Foram 21 vias isoladas e/ou interditadas, registrados danos materiais, mas não houve feridos. Não teve nenhuma interdição de imóvel, porque nenhum teve sua estrutura comprometida.

Além da Defesa Civil, a Prefeitura agiu nos pontos problemáticos, com atuação de diversas secretarias em conjunto.

O Corpo de Bombeiros realizou o resgate de uma pessoa ilhada dentro do seu veículo na Avenida José Gomes da Rocha Leal, nas proximidades da antiga Estância. E também de um casal na Rua Jerônimo Martins Carreteiro, nº 171, que foram conduzidos para a casa de familiares.

Por volta das 1h30 do domingo, 22 de janeiro, a água já havia escoado, restabelecendo o trânsito nas vias afetadas.

ABERTURA DE COMPORTAS

A reportagem do Bragança em Pauta questionou a Prefeitura, se as comportas dos lagos do Condomínio Valle das Águas foram abertos e se isto teria contribuído ainda mais com a enchente.
“Oficialmente não existe registro junto à Prefeitura de Bragança Paulista de abertura de comportas do Valle das Águas. Se este fosse o caso, seria sim necessário uma comunicação do mesmo à Defesa Civil.”