Na segunda-feira, dia 10, a jornalista Ana Maria de Oliveira entrevistou Jesus Chedid, que obteve no dia 2 de outubro, mais de 60 mil votos, porém, ainda está com o registro de candidatura impugnado, podendo mesmo diante da votação histórica, não assumir a Prefeitura no dia 1º de janeiro de 2017..

A entrevista, aconteceu ao vivo, na Rádio Bragança AM 1310 ( http://radiobraganca.com.br/web/)  durante o Programa Primeira Mão, apresentado pela jornalista de segunda a sexta das 8h às 11h e aos sábados das 9h às 11h.

Durante a entrevista Jesus Chedid falou sobre diversos assuntos entre eles que acredita plenamente que ele assumirá o cargo.

Revelou que mesmo diante das incertezas jurídicas ele dorme, porque seus advogados garantiram que ele atendia as exigências legais. Revelou os motivos que o levaram a não comparecer em reuniões de conselhos e debates, disse que não se comprometeu com nenhum partido em fazer nomeações, porém é claro que já tem em mente, alguns nomes de possíveis secretários.

Chedid revelou ainda quais serão suas prioridades, falou que sabe que enfrentará dificuldades financeiras, mas que tudo é questão de gestão.

Confira a entrevista em duas partes.

Parte 1: Jesus Chedid faz uma avaliação das eleições, fala que se é coronel, é um coronel bem moderno, que o povo gosta. Fala também sobre questões relacionadas à saúde, estradas estaduais que ligam Bragança Paulista às cidades da região, parceria com o deputado Edmir Chedid entre outros assuntos.

Parte 2: Jesus Chedid fala sobre funcionários comissionados, equipe de governo, assuntos como moradores de rua, segurança pública, assistência social. O vice Amauri Sodré também participou da entrevista.