A morte do gari Benedito Aparecido de Oliveira, de 54 anos em frente ao Posto de Monta, na manhã deste domingo, dia 23, chocou a cidade e o acusado de causar o acidente e consequentemente a morte do gari, é um rapaz de 18 anos, que foi identificado como Marlon de Oliveira Poloni Chagas, que foi preso por homicídio. O garoto não tinha Carteira Nacional de Habilitação.

O garoto passou por testes de bafômetro e o resultado foi negativo.

Segundo o registrado no Plantão Central da Polícia Civil, o acidente provavelmente foi provocado por um racha, ou seja uma prática ilícita de corrida, que atrai participantes, principalmente jovens, que amam aventura e velocidade, colocando em risco suas próprias vidas e de outros.

O gari estava na companhia de pelo menos três companheiros de trabalho, limpando a sujeira da via pública por causa da Festa do Peão quando o garoto, que conduzia o Lancer, de placas FKA-6997, em altíssima velocidade não conseguiu efetuar a curva e colidiu contra o trabalhador que foi prensado contra o poste de iluminação pública.

O trabalhador ainda recebeu os primeiros socorridos dos bombeiros e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência  (SAMU) ao Hospital Universitário São Francisco, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

O poste só não caiu por causa da fiação e a Energisa foi acionada para evitar a queda do mesmo e danos elétricos.

De acordo com o boletim de ocorrência, provisoriamente, o caso foi registrado como homicídio.

No boletim inclusive, consta que testemunhas relataram que o rapaz estava em alta velocidade e que Marlon “lançou-se em conduta de altíssimo perigo em plena via pública e mediante velocidade imoderada, aceitando com o que o resultado da morte da vítima Benedito Aparecido de Oliveira ou até mesmo outros transeuntes”.

O jovem passou por exame de corpo de delito e foi encaminhado à Cadeia de Piracaia.

O acidente ganhou repercussão nas redes sociais e no perfil do garoto no facebook eram encontradas inclusive mensagens de fotos alusivas à rachas e mensagens sobre o tema.

No final da tarde o perfil foi excluído do facebook.

A polícia trabalha agora para investigar que outro veiculo participava do racha com ele. Segundo testemunhas, seria um carro preto.