preso acusado de ameaçar companheira

Na manhã deste sábado, 9, mais um flagrante de desrespeito à Lei Maria da Penha foi registrado em Bragança Paulista. Um jovem, de 23 anos, foi preso acusado de ameaçar a companheira.

De acordo com o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta, a a prisão foi efetuada pela Equipe de Rondas Ostensivas da Guarda Civil Municipal (Equipe ROM), no Conjunto Habitacional Nicola Cortez III.

Os guardas municipais foram acionados a comparecer no local porque lá estava acontecendo uma briga de casal.

Quando lá chegaram encontraram o homem do lado de fora do imóvel. Ele estava totalmente alterado e forçando a porta,com chutes.  Ele foi então abordado.

Assim que a Guarda Civil Municipal chegou a vítima conseguiu sair do imóvel. Ela disse aos guardas que há 10 meses convive com o rapaz e que por diversas vezes ele a agrediu. Disse ainda aos guardas municipais que hoje, por volta das 5h, ele começou a pedir dinheiro para comprar drogas.

Além de exigir dinheiro, ela relatou aos guardas que o rapaz, a ameaçou dizendo que se ela não desse ela a mataria. Na sequência ele saiu da casa e voltou por volta das 8h. Foi então que ela, com medo já que ele estava alterado, não deixou ele entrar e a confusão começou.

O jovem confessou que é usuário de drogas e de álcool e que não se recordava o que tinha acontecido. Disse, no entanto, que não tinha agredido a mulher.

O rapaz foi conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil. Lá foi autuado em flagrante por violência doméstica e ameaça. Posteriormente o preso acusado de ameaçar a companheira será apresentado em audiência de custódia.

Para preservar a vítima, em casos como este, o Jornal Bragança Em Pauta adotou como linha editorial a não divulgação do nome do agressor.

Foto Arquivo

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta