Na tarde de sexta-feira, dia 5, um jovem de 20 anos, foi conduzido à delegacia após desobedecer ordens de parada de um agente de trânsito, que notou que a placa da moto que ele usava era falsa, feita de PVC. O rapaz, além de fugir do agente, ainda tentou fugir da Guarda Civil Municipal, mas não conseguiu.

Tudo começou na Avenida Antonio Pires Pimentel quando o agente de trânsito avistou a Honda CG 125 Titan, de cor cinza com a placa adulterada e deu sinal para que o mesmo parece.

O jovem não obedeceu e fugiu por diversas ruas do centro da cidade. O agente então solicitou apoio da Guarda Civil Municipal, sendo o mesmo abordado na Avenida Dr. José Adriano Marrey Jr, após colidir contra uma das motos da Guarda Civil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Com o impacto da batida, o rapaz caiu ao chão, mas se levantou rapidamente e tentou fugir novamente.

Os guardas, entretanto, conseguiram o deter e constataram realmente que a placa usada não era a da moto e sim uma placa de PVC.

Os policiais pesquisaram a numeração da placa e constataram que as informações existentes nela batiam com as características da moto.

Ele foi conduzido ao plantão central da Polícia Civil, onde relatou que perdeu a placa da moto e como não fez a transferência da mesma para seu nome, não conseguiu pedir uma placa nova para substituir e por isto fez uma placa de PVC.

A moto foi apreendida e o caso será apurado através de inquérito policial.



 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *