O prefeito de Vargem  Rafael Ferreira da Silva (PR), renunciou ao cargo na manhã de quarta-feira, dia 3.

O médico protocolou uma na Câmara Municipal, alegando motivos pessoais e profissionais para a desistência.

A saída acontece cerca de 50 dias depois que ele retomou ao posto de vice-prefeito por determinação da Justiça assumindo o cargo de prefeito, porque o então prefeito Aldo Moyses, com quem foi eleito em 2012 também foi cassado.

Com a renúncia deveria assumir o cargo o presidente da Câmara Municipal Antônio Rogério Rossi (DEM). No entanto, como está concorrendo às eleições municipais para o cargo de vereador não pode assumir o cargo.

O mesmo vale para todos os outros vereadores que também concorrem a reeleição.

Com isto quem deveria assumir o cargo era o chefe de gabinete da Prefeitura, Miguel Cardoso, porém, ele pediu exoneração do cargo após a renúncia de Rafael.

Se for confirmado que nenhum vereador irpa assumir o cargo de prefeito, na ausência de chefe de gabinete, quem deverá assumir o comando do Executivo é o juiz eleitoral.