Se o mês de agosto  foi marcado por uma série de roubos e furtos a residências, o mês de setembro, não fica para trás.

No início da tarde de segunda-feira, dia 18, mais um caso teve registro. Desta vez, no Jardim Águas Claras.

Quatro indivíduos renderam uma família, amarraram todos e obrigaram que as vítimas ficassem deitadas.

Os ladrões queriam saber sobre o dinheiro de uma camionete que uma das vítimas havia negociado.

Ao  serem informados que a caminhonete foi feita trocada e não vendida, os ladrões agrediram as vitimas com coronhadas de revólver e em seguida roubaram televisão, home theater, calçados, cartão bancário, celulares, certa quantia em dinheiro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

 



Os ladrões colocaram todos os objetos dentro da Saveiro, vermelha, placas OHX-8902/Fortaleza  pertencente à família. Além do carro e dos objetos eles roubaram também  uma motocicleta Honda/CG 150 Titan, vermelha, placa FID-9281/Santo André.

O caso foi registrado no Plantão Central e será investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Os ladrões provavelmente conheciam ou estudaram durante algum tempo a rotina da família, já que sabiam sobre uma caminhonete recentemente trocada.

ROUBO NO JARDIM NOVA BRAGANÇA

Na semana passada, a reportagem do Bragança Em Pauta, teve conhecimento de mais um roubo em uma residência no Jardim Nova Bragança.

Dois indivíduos armados com uma faca, renderam um casal, trancaram o homem no banheiro e só não levaram nada além do celular, porque uma pessoa chegou na casa, impedindo a continuidade da ação.