Na tarde de quarta-feira, dia 18, o funcionário de uma empresa, na Rua Primavera, chegava no local de trabalho quando foi abordado por dois indivíduos que roubaram um malote com cerca de R$ 1 mil.

A vítima ainda tentou enganar os ladrões que não tinha dinheiro, mas os mesmos disseram que sabiam que ele possuía sim certa quantia.

A dupla fugiu a princípio a pé.  A Polícia Militar foi acionada e os policiais iniciaram imediatamente as buscas pelas proximidades.

Foi então que os policiais receberam informação de um acidente de trânsito causado por um Fiat Uno azul na Rua São João Batista. O referido uno colidiu contra um Citroen/C3,  e o motorista e passageiro fugiram em alta velocidade.

Como o acidente aconteceu nas proximidades, os policiais deduziram que o veiculo poderia ter sido utilizado no delito e deram continuidade as buscas.

Os policiais encontraram um Uno com as mesmas características, trafegando pela  Avenida Américo Fontana, na Vila Bianchi.

Os policiais abordaram o condutor, que estava sozinho, identificando-o como Orlando dos Santos, de 56 anos. Com ele foi encontrado  R$ 552,00 em dinheiro e 1 celular.  Orlando dos Santos, era ex-funcionário da empresa vitima do assalto e na hora confessou o crime. 

Ele alegou que sua função era o transporte dos dois assaltantes e para isso, receberia R$ 300,00.

Ele levou os policiais até a casa dos dois indivíduos, mas eles não foram encontrados.  Na residência de Orlando,  os policias encontraram um rádio HT quebrado.

Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil.

Orlando foi autuado em flagrante por roubo e recolhido à cadeia, sendo o Uno apreendido e recolhido ao guincho. As investigação terão continuidade para localização e prisão dos outros dois envolvidos.

Esta não é a primeira vez que a empresa é assaltada.