Mãe e filha foram presas no final da manhã de segunda-feira, 16, acusadas de furto em Bragança Paulista.

Conforme o apurado, pelo Em Pauta elas entraram na loja Lupo localizada na Rua Coronel Teófilo Leme e enquanto uma distraía a vendedora, a outra subtraiu 3 calcinhas da vitrine e saiu do estabelecimento.

Uma pessoa notou a ação da moça e comunicou a vendedora, que saiu à procura das suspeitas, encontrando-as mais à frente, na loja Esplanada Móveis.

A vendedora pediu ajuda de um agente de trânsito que ali estava e este acionou a Guarda Civil Municipal.

A acusada ainda tentou se livrar das calcinhas furtadas deixando-as no banheiro da loja de móveis.

Mas, com a chegada de guardas civis municipais,a mãe de 54 anos e a filha, de 36 anos, foram submetidas a uma revista pessoal.

Com elas foram encontradas uma cortina e uma calça nova sem identificação das lojas, uma bermuda com a identificação da loja B.Bella, uma maquiagem da Sumirê, uma jaqueta, uma camisa e uma camiseta da loja Marisa.

Além disso, também foi apreendido com elas um alicate de unha, possivelmente utilizado para cortar os lacres das mercadorias. Diante dos fatos, mãe e filha foram levadas para o Plantão Central da Polícia Civil. Lá foram autuadas em flagrante por furto qualificado e apresentadas em audiência de custódia. As mercadorias foram restituídas às respectivas lojas.

Se você quiser ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias policiais de Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás, é fácil. Acesse nossa aba especial no site, ou nossa página de noticias policias no face:

https://bragancaempauta.com.br/category/policia/
https://www.facebook.com/policiaempauta

Quer receber notícias pelo celular acesse: https://chat.whatsapp.com/HdZWFOJmyuX5Say7PvW9DF

 

Deixe uma resposta