Desesperados integrantes da família de João Batista Alves estão procurando desesperadamente por notícias dele. Isto porque, sua mãe, Auta Alves de Almeida, residente na Paraíba, quer informações sobre o filho, que não dá notícias para a família há cerca de 20 anos.

Aos 87 anos, Auta Alves de Almeida tem problemas do coração e Doença de Chagas, e quer notícias do filho.

Segundo os familiares, além de já ter residido em Bragança Paulista, João Batista, conhecido também por “Batista” também teria morado durante algum tempo em Extrema.

Ele saiu da Paraíba há cerca de 30 anos e manteve durante um período, contato com familiares que residiam em São Paulo, mas há cerca de 20 anos, não deu mais notícias.

Segundo os familiares, eles prestavam serviços para uma construtora em Bragança Paulista, sendo que durante algum tempo votou na Escola Municipal Maria Ignéia Morales Garcia, mas que seu cadastro, no cartório consta como não apto a votar.

Quem tiver alguma informação sobre o paradeiro de Batista pode entrar em contato com (11) 9-9949-4385. O telefone é de familiares residentes em São Paulo.