Mais de mil vacinas contra sarampo e mil contra polio são aplicadas em Bragança

No sábado, 4, aconteceu em Bragança Paulista, o dia ‘D’ Mobilização Nacional de Vacinação contra poliomielite (paralisia infantil) e sarampo em crianças com idade entre 1 e 5 anos e mais de duas mil doses das vacinas foram aplicadas.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, foram aplicadas 1.116 doses da vacina contra a poliomielite e 1.114 doses da vacina contra o sarampo.

A campanha continua  até o dia 31 de agosto e a meta para este ano é imunizar 95% do grupo alvo, totalizando 7.032 crianças.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os adultos com idade até 58 anos que desejam tomar as vacinas devem procurar uma unidade de saúde durante a semana e verificar a necessidade de receber a dose.

A vacinação é feita em todas as unidades de saúde de Bragança que possuem sala de vacina.

Em Atibaia, a vacinação começou no sábado 4, em quatro unidades de saúde.

A partir de hoje, 6, até o dia 31 de agosto as vacinas, que  são gratuitas estarão disponíveis em todas as salas de vacina de Atibaia, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h – para crianças de 12 meses a menores de 5 anos.

Segundo a Secretaria de Saúde de Atibaia, é fundamental que todos verifiquem se o seu esquema vacinal está completo (consultando as anotações na caderneta de vacinação), em conformidade com o que se determina para cada idade alcançada.

Quem deve tomar a vacina?

O calendário vacinal contempla, nas crianças menores de 7 anos: uma dose de vacina SCR (tríplice viral) aos 12 meses de idade; uma dose de vacina Tetraviral (Sarampo/Caxumba/Rubéola/Varicela) aos 15 meses de idade; e a segunda dose de vacina Varicela no período entre 4 anos a 6 anos, 11 meses e 29 dias.Crianças maiores de 7 anos a adultos até 29 anos devem, ao longo da vida, já ter tomado duas doses de SCR (tríplice viral). Assim, nessa faixa de idade: quem tiver documentação com esquema de vacinação incompleto deverá ser vacinado para completar o esquema já iniciado; e aqueles sem comprovação de vacinação anterior devem receber uma dose da vacina SCR na primeira visita ao posto de saúde e uma segunda dose de SCR 30 dias após a primeira dose.

Adultos de 30 a 58 anos devem já ter recebido pelo menos uma dose da vacina SCR documentada, independentemente de já terem contraído sarampo anteriormente ou não.

De acordo com a Secretaria de Saúde, muitos adultos (acima de 30 anos) interpretam que devem receber novamente a vacina, mesmo já tendo o esquema completo anotado em caderneta, no entanto, nessa situação não é necessária nova vacinação. Já quem não possuir comprovação de vacinação anterior, nessa faixa de idade, deverá receber uma dose da vacina SCR.

Todos os profissionais de saúde devem já ter recebido duas doses de SCR. Se não estiverem adequadamente vacinados, devem completar o esquema. A vacina SCR não é recomendada para gestantes, pessoas com as defesas comprometidas, como aquelas em tratamento para câncer, AIDS, transplantados e crianças menores de seis meses. Além disso, mulheres em idade fértil vacinadas deverão evitar a gravidez por pelo menos um mês após a vacinação.

Vale lembrar que os pais e responsáveis devem levar seus filhos em uma das unidades da rede pública municipal de saúde com a carteira de vacinação da criança em mãos, pois esta é uma campanha com um olhar diferente – mais do que em outras campanhas, a carteira de vacina é fundamental para que possa ser analisado o caso de cada criança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.