Embriaguez acidente

O domingo, 6, foi marcado por pelo menos três casos de embriaguez ao volante flagrados pela Guarda Civil de Bragança Paulista. Motoristas, simplesmente ignoram o perigo da atitude e desrespeitam as leis, colocando em risco outros motoristas, passageiros e pedestres.

Um dos casos aconteceu pela manhã, por volta das 9h. O Jornal Bragança Em Pauta já havia noticiado ontem, 6. Relembre: https://bragancaempauta.com.br/motociclista-embriagado-e-detido/

Os outros dois aconteceram a noite.

De acordo com o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta por volta de 18h55 a Guarda Civil Municipal foi  acionada para atender acidente de trânsito sem vítima. O acidente ocorreu no cruzamento da Rua Aquiles Bianchi com a Avenida dos Imigrantes, na Vila Bianchi.

Quando lá chegaram os guardas apuraram que um homem de 38 anos conduzia o Honda/Civic, prata, placas EPB-5338/B.P quando colidiu contra a traseira da motocicleta Honda/CG 150 Titan, vermelha, de placa BFZ-0866/BP, que era conduzida por um rapaz de 27 anos.

Logo após a colisão, o motorista do carro tentou fugir, mas o carro ficou enroscado na moto e ele não conseguiu.  Os guardas notaram que ele estava visivelmente embriagado, exalando forte odor etílico, bem como olhos vermelhos;

Além disso, ele tinha fala pastosa, andar cambaleante e acabou confirmado a ingestão de bebida alcoólica.  Dentro do carro, aliás, os guardas encontraram duas latas de cerveja vazias.

Diante disto, o motorista foi conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil. Ele se recusou a fazer o teste do etilômetro.  Também se negou a fornecer sangue para exame de dosagem alcoólica. Na sequência foi então submetido a exame clínico, que confirmou a embriaguez. Ele foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante e posteriormente apresentado em audiência de custódia.

Embriaguez ao voltante no Jardim Águas Claras

O outro flagrante acontece no Jardim Águas Claras.

Os guardas foram solicitados a comparecer no local porque um Fiesta, azul, placas CME-6204/B.P estava sendo conduzido em ziguezague e pela contramão de direção na Avenida Oito de Maio.

Os guardas se deslocaram para o local e encontraram realmente o carro contramão de direção.

Eles se aproximaram e deram ordem de parada, mas o condutor desobedeceu e empreendeu fuga em alta velocidade pela ruas do bairro.  O motorista expôs a perigo a vida de pessoas que por ali transitavam, inclusive de uma pessoa que estava sobre o capô do veículo.

Durante a fuga, no entanto, o motorista entrou em uma rua de terra e o veículo acabou atolando. A pessoa que estava no capô do carro fugiu.

Os guardas detiveram então o motorista: um jovem de 22 anos. Ele estava visivelmente embriagado, exaltado e agressivo.  Ele partiu para cima do guarda e os dois chegaram inclusive a cair em um barranco. Ao ser colocado no compartimento de presos da viatura, o jovem passou a desferir chutes, danificando a viatura.

No interior do carro, os guardas encontraram 3 latas de cerveja vazias e 4 porções de maconha.

O jovem foi conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil e se recusou a fornecer sangue para exame de dosagem alcoólica. Além disso ele se negou também a fazer o teste do etilômetro, sendo então submetido a exame clínico, que confirmou a embriaguez.

Ele foi  autuado em flagrante por embriaguez ao volante, falta de habilitação, desobediência, resistência, perigo de vida, dano e posse de drogas. Posteriormente foi apresentado em audiência de custódia. O veículo foi recolhido ao guincho.

Penalidades Lei Seca

Vale lembra que quem é flagrado descumprindo a Lei Seca, ou seja, é flagrado dirigindo embriagado paga o valor de uma infração gravíssima multiplicada por 10 vezes ou seja, R$ 2.934,70 de multa.

O motorista ainda tem o direito de dirigir suspenso por 12 meses. Caso o motorista seja reincidente, no período de um ano, deve pagar a multa em dobro.

Deixe uma resposta