Skip to content

Mais uma morte de morador de asilo é confirmada para COVID-19

Bragança tem mais uma morte em asilo confirmada para COVID-19

Neste sábado, 29, a Secretaria de Saúde de Bragança Paulista divulgou a 49ª morte de COVID-19. Trata-se de uma paciente que morava em um asilo. Além disso, a Prefeitura divulgou mais duas mortes suspeitas (uma delas também de morador de asilo) e mais 15 casos da doença no município nas últimas 24 horas.  Com isto, a cidade totaliza 3288 casos desde o início da pandemia.  Dos 3288 casos positivos de COVID-19, no entanto, 1946 pacientes estão recuperados.

De acordo com o boletim, todos os 15 novos pacientes estão em isolamento domiciliar.

Mortes por COVID-19

A 49ª vítima fatal é uma mulher de 79 anos, que estava internada em leito de enfermaria e faleceu na sexta-feira, 28.  Em nota, a Prefeitura lamentou a morte. A idosa morava no Asilo São Vicente de Paulo, nas proximidades do Jardim Público. É a segunda interna do local que veio a óbito com a doença.

Pelo menos outros sete idosos do referido asilo estão internados. Eles tem idades que variam de 62 a 78 anos.

Mortes nos asilos

Tanto o Asilo do Jardim Público como o da Vila Bianchi registraram nos últimos dias mortes de idosos com COVID-19 e estão com funcionários afastados por causa do novo coronavírus. Apesar da secretária Marina de Fátima Oliveira ressaltar em entrevistas que ambas instituições vinham cumprindo os protocolos, a situação preocupa já que idosos tem mais chance de ter a forma grave da doença.

No asilo do Jardim Público são duas mortes confirmadas para COVID-19, a da mulher de 79 anos e de um homem de 87 anos. Já na Vila São Vicente, uma idosa de 75 anos morreu no dia 20 de julho com confirmação de coronavírus. Além disso, um idoso de 94 anos morreu ontem. A Prefeitura ainda aguarda o resultado do exame.

Balanço das mortes

Desde o início da pandemia Bragança Paulista contabilizada 49 mortes em decorrência da COVID-19. Dos 49 mortos,  27 eram homens e 22 mulheres, sendo que 10 tinham menos de 60 anos e outros 39 tinham 60 anos ou mais. Todos, de acordo com a Prefeitura de Bragança Paulista, tinham alguma comorbidade.

 VEJA TAMBÉM:

Gráficos atualizados com casos de COVID-19 em Bragança
Número de casos e mortes por COVID-19 na Região Bragantina

Enquanto o Estado, anuncia queda de mortes na contagem geral, em Bragança Paulista, o mês de agosto é o mês com maior número de mortes registradas no município para COVID-19.

Vale lembrar, que Bragança Paulista registrou 17 mortes de março, quando a pandemia começou até o dia 30 de junho.  Somente em julho o município confirmou mais 15 mortes por causa da COVID-19. Isto representa um aumento de 88,23% no número de mortes no município em um mês.

Em julho já são 17 mortes confirmadas, além de duas em investigação. As duas mortes em investigação são do idoso de 94 anos que estava em leito de enfermaria e faleceu ontem. Ele morava no asilo Vila São Vicente, na Vila Bianchi. A segundo morte em investigação é de uma mulher, de 52 anos que também estava em leito de enfermaria.

CASOS EM UMA SEMANA

No sábado passada, dia 22, havia 2910 casos confirmados.  Como hoje já são 3288 casos, isto indica 378 casos confirmados em sete dias.

Os boletins indicam que na semana entre os dias 11 e 18 de julho foram confirmados 208 casos, enquanto que entre a semana dos dias 18 a 25 de julho, foram confirmados 345 casos. Já entre os dias 25 de julho a 1º de agosto foram 291 casos confirmados em sete dias. Já entre os dias 1º e 8 de agosto foram 365 casos e entre os dias 8 e 15 de agosto foram 371 casos. Além disso entre os dias 15 e 22, a Prefeitura confirmou  474 casos em sete dias.

Ou seja, houve uma queda de registro de casos confirmados na última semana.

OUTROS NÚMEROS

Além disso, o boletim indica que entre leitos de enfermaria, bem como de UTI, estão internados com confirmação de COVID-19, 14 pacientes. Vinte pacientes continuam aguardando internados os resultados de seus exames.

Também no boletim deste sábado, a Prefeitura divulgou o registro e notificação ao Ministério da Saúde de mais 95 casos suspeitos. Com isto, as notificações subiram de 5290 no dia anterior, para 5385 . Além disso, o boletim indica o descarte de 40 casos para COVID-19, nas últimas 24 horas. Ao todo 356 pacientes esperam os resultados dos exames.

OCUPAÇÃO DE LEITOS

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) SUS, exclusivos para tratamento de COVID-19 hoje é de 63,7%.

Os leitos disponibilizados no Hospital Universitário São Francisco, Santa Casa de Bragança Paulista e Hospital Bragantino são para atendimento não só de Bragança Paulista, mas de outros 10 municípios da região.

A taxa de ocupação de leitos de enfermaria é de 67,5%.

INFORME-SE

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás é fácil. Acesse o link: https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular? É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

Deixe uma resposta

© 2015-2020 Jornal Bragança Em Pauta - Todos direitos reservados