Na manhã de sexta-feira,dia 8, foram entregues as chaves de apartamentos do Conjunto Marcelo Stéfani, para 712 pessoas, durante uma solenidade, que contou com a presença do prefeito Fernão Dias e do governador do Estado Geraldo Alckmin. do deputado estadual Marcos Martins,  entre outras autoridades.

Apesar da presença do governador, chamou atenção a ausência do deputado Edmir Chedid, que esteve apenas na solenidade de entrega de moradias realizada na cidade de Serra Negra, onde Alckmin esteve depois do evento em Bragança Paulista.

As unidades fazem parte do programa Casa Paulista em parceria com o Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

O investimento total foi de R$ 62,6 milhões, dos quais R$ 12,8 milhões são oriundos do Governo do Estado e R$ 49,8 milhões do Governo Federal.

Segundo informações da assessoria do  governador, todas as moradias foram destinadas às famílias com renda mensal de até R$ 1.600, público alvo do programa da agência Casa Paulista e os beneficiados, terão 120 meses para a quitação do imóvel.

As  unidades contam com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro, medição individualizada de água.

Em nota publicada no facebook o prefeito Fernão Dias, disse que a entrega foi um dos dias mais felizes da sua vida como prefeito.

13600149_1184661341607209_4438832906868831060_n“Não consigo descrever a emoção que senti na entrega de chaves das 712 unidades habitacionais do Conjunto Marcelo Stéfani. O empreendimento conta ainda com uma escola municipal, um posto de saúde e um CRAS. Com esta entrega, concluímos o Moradia Popular, maior programa habitacional da história de Bragança Paulista.
Em apenas três anos, o nosso governo entregou 1645 moradias a quem mais precisa.”

Ter a casa própria é realmente um sonho, mas quem participou da solenidade, não conseguiu deixar de se preocupar com a infra-estrutura nas redondezas.

3dd2dacd-590e-40dc-9f17-def0c0cca3cfAs reclamações referentes ao transporte coletivo, por exemplo, não param e os moradores questionam com a entrega de novas moradias, se irão aumentar os ônibus no local.

Outra preocupação é quanto ao asfalto das vias públicas. Algumas das vias de acesso ao Marcelo Stéfani não foram asfaltadas ainda e estão em péssima conservação.

Oura preocupação é com relação a Unidade Estratégia de Saúde da Família Nicola Cortez que ainda não foi entregue à população. Segundo a Divisão de Imprensa a previsão é de que a unidade seja entregue na segunda quinzena de agosto.