O motorista do Classic, preto, de placas EMS-4977/BP que entrou na frente de uma viatura da Polícia  Militar ao cruzar a Rodovia Capitão Barduíno, no Km 92,100, de forma inadvertida, estava aparentemente embrigado, segundo informações da Polícia Civil.

O acidente aconteceu na noite de domingo, dia 4 e segundo o registrado no Plantão Central o motorista foi identificado como William, de 39 anos.

Com o impacto da batida, a viatura caiu em uma ribanceira, causando ferimentos leves nos três policiais militares que nela estavam.

A Polícia Rodoviária Estadual atendeu a ocorrência e  constatou que William apresentava visíveis sinais de embriaguez, conduzindo-o ao Plantão Central da Polícia Civil, onde ele foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante e acidente de trânsito e apresentado em audiência de custódia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Mulher é atropelada 

Um outro caso de embriaguez ao volante teve registro também teve registro no domingo, dia 4, nas proximidades da  igreja do Bom Parto, na Av. Dom Pedro I, no Taboão.

De acordo com o apurado pela Guarda Civil, um rapaz, identificado coo Adriano, de 40 anos, conduzia seu Uno Mille, branco, de placas DQN-1652/B.P.,  quando atropelou Marcilene, de 46 anos, que estava encostada em um carro, causando ferimentos em sua perna e a perda de um dente.

Adriano apresentava visíveis sinais de embriaguez, tendo ele confirmado que tomou vodka e cerveja.

O rapaz, estava com a sua carteira de habilitação e o documento do carro vencidos.

Ele foi conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil, autuado em flagrante por embriaguez ao volante e acidente de trânsito e apresentado em audiência de custódia.

Deixe uma resposta