Guarda Municipal de Socorro

Além do roubo no Supermercado BG no Jardim São Miguel, em Bragança Paulista, um mototaxista também foi alvo de um assalto à mão armada, no mesmo bairro na noite de sábado, 18.

Leia + Ladrões armados roubam supermercado em Bragança Paulista

O mototaxista teve sua motocicleta Honda/CG 160 Fan, vermelha, de placa GDH-1039/B.P roubada por uma falso cliente.

O motociclista fo solicitado por um indivíduo desconhecido para fazer uma corrida até o Jardim São Miguel e ao ingressar em uma estrada de terra, o desconhecido apontou uma arma na cabeça dele e anunciou assalto.

Leia + Ladrão tranca mãe e filhos de 3 e 10 anos no banheiro e pratica roubo em Bragança
Leia + Dois entregadores de pizza e lanche são assaltados por dupla armada em Bragança

O ladrão roubou a moto, o capacete, R$ 150,00 da vitima e fugiu sentido à Rodovia Capitão Bardoíno.

O mototaxista compareceu ao Plantão Central da Polícia Civil, onde foi registrado o boletim de ocorrência e comunicadas as Polícias Militar, Rodoviárias Estadual e Federal.

Nas duas últimas semanas um série de roubos têm sido registrada em Bragança Paulista.

Na semana passada, quatro homens armados roubaram na noite de quinta-feira, 16, um veículo em Bragança Paulista, conseguiram fugir, após trocar tiros com a Polícia Militar, em Pedra Bela. Os ladrões roubaram um veículo Hyundai/Tucson, prata, de placas FJY-7551/B.P. O crime aconteceu no Bairro do Guaripocaba, zona rural do município.

Leia + Quadrilha rouba veiculo em Bragança e foge após troca de tiro com a PM
Leia + Dupla armada rouba Uber em Bragança Paulista e prende motorista no porta malas

Antes disto, na terça-feira, 14,  dois entregadores de lanches e pizza tiveram suas motos levadas por assaltantes armados.

Na semana anterior, um motorista de Uber foi alvo de um assalto e uma mãe chegou a ser trancada com os filhos, no banheiro de sua própria residência enquanto o ladrão levava o carro da família.

Importante lembrar que assim como nos outros casos, a Polícia Civil não contará para o esclarecimento do assalto do mototaxista com imagens dos equipamento de OCR que poderiam indicar, por exemplo, por onde a moto passou após o roubo e assim mapear o trajeto e quem sabe identificar o assaltante.

Os equipamentos,  instalados em semáforos, radares e entradas e saídas da cidade em 2009, e monitorado pela Guarda Civil Municipal em conjunto com as polícias militar e civil, foram desligados em maio deste ano após término de contrato de prestação de serviços. A Prefeitura, tenta desde 2017, contratar nova empresa para administrar o serviço.

Deixe uma resposta