Uma mulher de 44 anos colocou fogo na casa do companheiro na noite de segunda-feira, 21, em Bragança Paulista. O caso, aconteceu na Rua Hortência Escobar Nunes, no Bairro Cidade Planejada I em Bragança Paulista.

O Corpo de Bombeiros controlou o incêndio. A Polícia Militar, a Defesa Civil e a Polícia Científica estiveram no local.

Conforme o registrado no Plantão Central tudo aconteceu por volta das 21h. O morador do imóvel relatou aos policiais que tem um relacionamento amoroso com a acusada de cometer o incêndio.

Disse ainda, que antes do incêndio os dois tinham brigado e que ela teria o agredido. Afirmou também para a polícia que a mulher, descontrolada, chegou a pegar uma faca para matá-lo mas que ele saiu correndo. O homem se escondeu então na casa de filha.

Quando ele estava na casa da filha ouviu gritos da vizinhança, que estava o avisando sobre o incêndio. Os vizinhos, disseram para ele era sua companheira que tinha feito aquilo.

Conforme o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta a mulher inclusive teve que ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ela foi levada para a Santa Casa, com queimaduras na pernas.

Mulher confessou o crime

A mulher confessou à polícia que pegou um galão de gasolina que estava no quintal, jogou na casa e na sequência tacou fogo. Como derrubou gasolina nas pernas, no entanto, também se queimou.

A casa foi totalmente destruída e interditada pela Defesa Civil.

A mulher foi autuada em flagrante por colocar fogo na casa do companheiro e levada ao Plantão Central. Quando o caso era registrado, ela chegou a se jogar no chão dizendo que estava passando mal. Novamente foi levada para a Santa Casa, sob escolta policial, atendida e reconduzida ao plantão.

Como se trata de um crime inafiançável ela foi presa. Posteriormente  deve ser encaminhada para audiência de custódia.

 

Deixe uma resposta