Mulher é jogada pela janela

Uma mulher foi jogada pela janela de 4 metros de altura em uma residência na Vila Municipal, em Bragança Paulista.  O crime aconteceu na manhã de domingo, 18.

O homem, de 36 anos, conforme o registrado no Plantão Central, foi preso pela Guarda Civil Municipal, quando estava saindo da casa.

A vítima relatou que de madrugada o companheiro estava alterado devido ao uso excessivo de drogas. Como ele tem esquizofrenia, ela pediu que  tomasse seus medicamentos. Ao invés de tomar remédio, entretanto, ele passou agredi-la com socos.

Ela então se aproximou da janela a propósito de gritar por socorro, mas acabou sendo empurrada.

O homem foi conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil, onde ele foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio – violência doméstica – e apresentado em audiência de custódia.

A mulher jogada pela janela foi socorrida à Santa Casa, onde recebeu atendimento médico.

O Jornal Bragança Em Pauta não divulgou o nome do acusado para preservação da vítima. Caso você escute uma mulher pedindo não socorro, não seja conivente. Denuncie no 190 da Polícia Militar ou 153 da Guarda Civil. A Guarda tem um projeto denominado “Guardiã”, que atua especificamente com relação a Lei Maria da Penha. Se você é vítima de agressões ou conhece alguém que é se informe.

Foto divulgação: https://www.facebook.com/projetoguardia/