O Estado de São Paulo iniciou o ano de 2018 com queda no número de homicídios, segundo dados divulgados na tarde de sexta-feira, 23, pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP). Em janeiro, segundo os dados da SPP, os roubos de veículos no Estado também  diminuíram.

Segundo os dados, no primeiro mês do ano, os casos de homicídio doloso recuaram 6,76%, passando de 281 para 262 registros. Já o número de vítimas baixou 10,65% –de 310 para 277, na comparação com janeiro de 2017.  Os dois indicadores a nível estadual têm os menores totais desde o início da série histórica, em 2001.

Com 4.530 casos no mês, os roubos de veículos tiveram queda de 23,18% – em janeiro de 2017, foram 5.897 ocorrências. O número atual é o menor desde 2008.

Os furtos de veículos, no Estado, recuaram 2,07% em janeiro, passando de 8.453 para 8.278 registros e chegando ao menor total para a série histórica desde 2010.

Janeiro também teve alta nos flagrantes de tráfico de entorpecentes: 12,18%. O total subiu de 3.997 para 4.484, chegando ao maior número da série histórica.

Estatísticas de Bragança Paulista

O município de Bragança Paulista, entretanto, parece seguir na contramão dos resultados estaduais.

Em janeiro deste ano, o município registrou dois homicídios. Ano passado, no mesmo período não foi registrado nenhum caso.

O primeiro homicídio deste ano teve como vítima Camila Romão, assassinada em um bar, na madrugada do dia 13 de janeiro, por um rapaz encapuzado, que ainda não foi preso.

O segundo caso, teve como vítima, outra mulher, a jovem Ana Caroline de Moura Martins, de 22 anos, que foi assassinada no bairro Araras dos Pereiras, zona rural do município no dia 15 de janeiro pelo ex-marido, que se matou um dia depois. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Enquanto no estado, os roubos de veículos caíram 23,18%, em Bragança Paulista, os roubos de veículos aumentaram de 1 para 5 casos, que percentualmente falando significa aumento de 400%.

Já quando o assunto são os furtos de veículos se no Estado, os casos  recuaram 2,07% em janeiro, em Bragança mais uma vez os números estão na contramão. Houve aumento de 7 par 9 ocorrências, ou seja aumento de 28,5%.

Enquanto os furtos e roubos de veículos aumentaram, a polícia recuperou menos veículos. De acordo com dados da produtividade policial, em janeiro de 2017 as forças de segurança do município recuperam 11 veículos, este ano, o número foi reduzido para 9.

Bragança Paulista teve ainda um aumento considerável  de furtos. Houve um salto de 139 casos para 167.

Entre as ocorrências que diminuíram em comparação com janeiro de 2017, são: o número de roubos em geral, que caiu de 21 para 20 e o número de estupros que reduziu de 5 para 1.

Já quando o assunto é a produtividade policial, se no Estado houve aumento dos flagrantes de tráfico de entorpecentes em 12,18% em Bragança os indices também mostram resultados diferentes. Foram 27 ocorrências de tráfico de drogas em janeiro 2017 contra apenas 22 casos no mesmo período deste ano.

O número de flagrantes lavrados no primeiro mês do ano em Bragança em 2018 também foi menor do que em 2017. Foram 40 casos em 2018 contra 56 no ano passado. Além disto, o número de presos em flagrante, no mesmo período, caiu de 66  para 43.

Aumentou, entretanto, o número de presos por mandato judicial. As estatísticas revelam que as prisões por mandado subiram de 19 para 35.

As estatísticas policiais servem para balizar o trabalho das forças de segurança. Com estes resultados na contramão do que vem acontecendo no Estado, o ideal é que os comandos tanto da Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil, que já atuam em conjunto no município façam uma reflexão do trabalho.

Para quem lida diariamente com o tema segurança pública o questionamento que fica é: será que estes números de aumento de furtos e queda da produtividade policial são reflexos das transferências de policiais militares que foram feitas em 2017 ? Será também reflexo da falta de viaturas para que a Guarda Civil ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *