A CEI das Contas da Prefeitura, também conhecida como “CEI das Pedaladas”, foi suspensa mais uma vez, na manhã desta segunda-feira, dia 17.

Os trabalhos foram novamente paralisados por por mais 60 dias.

A paralisação foi efetuado para conclusão da licitação que irá contratar empresa especializada para análise dos dados financeiros do município.

Na última reunião da CEI, a Câmara recebeu a decisão do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) que solicitou adequações do edital para que a licitação atenda todos os requisitos legais. A Comissão optou por acatar a sugestão. De acordo com o Departamento Administrativo da Câmara, o edital é mais técnico e após ser finalizado é necessário fazer a convocação e expedir os convites novamente para os licitantes.

Composta por José Gabriel Cintra Gonçalves (presidente), Antonio Bugalu, Miguel Lopes (relator), Natanael Ananias e Rita Valle, a Comissão foi instaurada após requerimento do vereador Paulo Mário Arruda de Vasconcellos, apoiado por outros 13 vereadores. O objetivo da CEI é avaliar possíveis irregularidades nos balancetes do Executivo referentes a dezembro de 2015 e janeiro de 2016.

Caso o processo licitatório seja finalizado antes do prazo, a paralisação pode ser suspensa.

Com a paralisação, a CEI extrapolaria o mandato dos vereadores que compõe a comissão, que termina em dezembro e dois deles: Rita Valle e Miguel Lopes, não foram reeleitos.

Será que esta CEI, que foi aberta em abri e até agora não saiu do papel, vai acabar em pizza?