Quem passou pela região da Praça 9 de Julho nos últimos dias pode perceber que homens continuam trabalhando na reforma do local, mesmo após a abertura da pista. Hoje, 30, a equipe quebrava a calçada dos comércios para implantação de bloquetes de cimento, iguais o da praça.

O trânsito na região ainda gera reclamações e a sinalização ainda não está adequada.

Cones têm sido usados para ajudar na orientação dos motoristas.

A Prefeitura depois de ter anunciado que mudaria as mãos de direção das Avenida Alpheu Grimello e Rua Teixeira, voltou atrás e por enquanto, não implantou a medida. O mesmo foi feito com relação aos itinerários dos ônibus que seguem até a Universidade São Francisco.

Na semana passada, o secretário de Mobilidade Urbana, Aniz Abib Júnior disse na Câmara Municipal que as próximas mudanças que serão feitas na região da Praça 9 de julho terão análise prévia e ampla divulgação de no mínimo 15 dias para que todas as pessoas que passam pelo local estejam cientes.

Por enquanto, nada foi anunciado.

As reclamações com relação ao trânsito na região da 9 de Julho e da Avenida dos Imigrantes não param de chegar à redação.

O tema foi assunto também da sessão de terça-feira, 28, na Câmara Municipal. Durante sua manifestação na sessão  o vereador Quique Brown cobrou da administração a apresentação dos projetos executivos das obras. Quique já havia solicitado o documento, mas  ainda não teve acesso ao material.

“Esperei muito tempo para falar da questão do trânsito em Bragança, pois não queria tomar posição de ‘orelhada’. Pedi para Prefeitura o projeto executivo das obras, para saber se houve mudança no meio do caminho, se foram colocados mais semáforos, etc e me assusta o nível de respostas que recebo. Pedi cópia do projeto e nem para dizerem que estava disponível na Prefeitura para consulta me informaram”, comentou.

De quem é a culpa?

Durante a sessão, o vereador ainda desabafou: “Eles nunca tem culpa de nada. Tudo é culpa da administração anterior ou é culpa da empresa. Eu particularmente não tenho dúvida alguma de que é tudo culpa dessa Administração. A Prefeitura não tem comando, firmeza com seus fornecedores”, disse.

Quique ainda ressaltou: “o trânsito está um caos e a secretaria de Obras e a Prefeitura não mandaram pra Casa ou sequer disseram que o projeto executivo está disponível para que eu pudesse ver, avaliar que eles estudaram e planejaram essas mudanças. O que me faz entender que esse projeto foi feito de ‘orelhada'”.

O vereador também falou sobre o caso do asfalto feito na Avenida dos Imigrantes e que já está cedendo. “É preciso fiscalizar, ver se o serviço está sendo bem executado, qual material está sendo usado. Ou vão deixar fazer o que quiserem e depois notificar? Cadê o departamento de Obras que não viu isso? A secretaria de Mobilidade Urbana é outro problema”, afirmou.

A Prefeitura chegou a enviar uma nota para toda a imprensa na segunda-feira, 27, informando que notificaria o Grupo Tenco para solucionar os problemas no asfalto em 48 horas.

Hoje,30, no facebook oficial da Secretaria Municipal de Serviços, foi feita uma postagem informando que o “secretário Municipal de Serviços, que também responde pela Secretaria de Mobilidade Urbana, Aniz Abib Junior, determinou à equipe de asfalto da Secretaria de Serviços ontem, 29, que fizessem os reparos na Avenida dos Imigrantes, na rotatória do Tasca. A Prefeitura executou parte do serviço necessário para a pavimentação da via, entretanto irá cobrar os encargos e custos da empresa Tenco, responsável pelo projeto”.

A obra é possível graças a um Termo de Ajustamento de Conduta assinado com o Ministério Público, entre a Prefeitura e o Bragança Garden Shopping por causa dos impactos causados pela construção do mall.

 

 

 

2 Comentários

  1. E muita incompetência para uma administração só.
    Eu numca vi esse modelo de asfalto e muito menos esse modelo de transito, “conseguiram piorar o que já não estava bom”

  2. Nao deveriam ter tirado as rotatorias, a cidade esta parecendo sp cheia de semaforos, nao parece interior, o transito esta pior, ou a mesma coisa. Houve melhora?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *