Skip to content

Oftalmologista analisa uso de celulares e computadores na quarentena

Oftalmologista analisa uso de celulares e computadores na quarentena

Com as escolas fechadas e muitos profissionais em Home Office, as famílias vivem um momento diferente, que requer atenção: uma luz se acendeu e não é a das telas dos celulares, tablets e notebook. E sim da preocupação com o uso excessivo destes aparelhos e possíveis danos a visão.

Por isto, o Em Pauta conversou com o médico oftalmologista da PartMed Bragança Paulista, Dr. José Amaral Toledo, que explicou que o uso em excesso e sem intervalos destes aparelhos, podem trazer problemas.

O primeiro pontuado pelo médico, refere-se à “radiação da luz azul”, que além de interromper a produção de melatonina, o hormônio responsável pelo sono, pode provocar doença degenerativa no fundo do olho.

Vários estudos sobre esta questão ainda estão em andamento, portanto, não são conclusivos. Mas parte dos fabricantes de celulares já tem instalado um filtro, para que esta luz não cause mal aos usuários dos aparelhos.

“É uma tendência como proteção até a conclusão definitiva se faz mal ou não”, disse o oftalmologista da PartMed Bragança. Óculos e lentes podem ser uma proteção contra essa polêmica luz.

Uma segunda preocupação apontada pelo especialista, é a miopia funcional. “O olho foi projetado para ver de longe, quando vamos olhar de perto essa musculatura interna tem um trabalho diferente e pode ir hipertrofiando, gerando miopiazação”, disse. Que é na prática, o aumento de um grau que a pessoa não tem, uma miopia funcional.

Esse problema é mais propício a ocorrer em crianças e jovens, que são aqueles que mais se utilizam destes aparelhos e fazem com que a musculatura dos olhos não tenha a função necessária de olhar pra longe.

O terceiro problema apontado pelo Dr. José Amaral Toledo, refere-se ao ressecamento ocular.

Estudos já comprovaram, que quando uma pessoa fica muitas horas em frente a tela do celular ou computador acaba piscando menos.

“A função do piscar é lubrificar os olhos. Piscando menos, há o ressecamento dos olhos. Este pode ser piorado por fatores locais, como poeira, ar-condicionado e idade. Ocasionando até o embaçamento visual”, explicou o oftalmologista da PartMed.

Para todos os problemas acima, as dicas do Dr. Toledo são simples: uso de colírio lubrificante; a realização de intervalos regulares no uso do computador, tablets e celulares e também o olhar distante, para algo longe, para relaxamento da musculatura ocular.

Não menos importante que as dicas citadas, o médico oftalmologista da PartMed Bragança cita ainda a astenopia, que é a visão cansada pelo uso excessivo de grau inadequado da correção ótica.

E para isto, a importância de manter os óculos ou lentes sempre atualizados. A recomendação é: em caso de dúvidas, consulte o seu médico oftalmologista de confiança.

OFTALMOLOGIA

Oftalmologia é a especialidade da medicina é responsável por estudar e promover o tratamento de doenças que afetam a visão, a saúde dos olhos e as estruturas próximas.

Diferentemente dos oculistas – que são os técnicos especializados em óptica, responsáveis por produzir e consertar lentes e óculos – os oftalmologistas são médicos que podem ter atuação tanto clínica como cirúrgica.

Por meio de diversas técnicas de exame, como a avaliação da acuidade visual, o grau dos óculos e o estado de saúde dos olhos com microscópios oculares e modernos aparelhos, os oftalmologistas são capazes de diagnosticar doenças como glaucoma, catarata, retinopatias e do nervo óptico.

Desta forma, podem identificar as diferentes causas de redução visual ou de outros sintomas oculares, e propor os melhores tratamentos clínicos ou cirúrgicos atualmente disponíveis.

Os médicos oftalmologistas também têm a função de diagnosticar e corrigir os chamados erros de refração, ou seja, receitar tratamentos para miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia (vista cansada).

Durante o atendimento clínico-oftalmológico, os oftalmologistas orientam e estimulam os pacientes nos cuidados com a saúde dos olhos, além da prevenção de doenças oculares. Realizam também testes diagnósticos e tratamento de diversas doenças com o uso de colírios.

SAÚDE DOS OLHOS PARA OS IDOSOS

Se você tem 60 anos ou mais, não pode deixar de acompanhar esse bate-papo com o Dr. José Amaral Toledo, confira:

https://www.facebook.com/bragancaempauta/videos/548066809388911/

PARTMED

A clínica PartMed Bragança Paulista possui mais de 25 especialidades e está localizada na Avenida Antônio Pires Pimentel, n°34, no Centro de Bragança Paulista. Os telefones para agendamentos de consultas com preços acessíveis são: (11) 2473-0666 e (11) 99366-8118.

Deixe uma resposta

© 2015-2020 Jornal Bragança Em Pauta - Todos direitos reservados