Partido Social Cristão se manifesta

Nesta segunda-feira, 29, o Partido Social Cristão se manifestou sobre o lamentável “episódio da calcinha”, envolvendo o vereador Ditinho Bueno na semana passada.

Nacionalmente, o partido que é presidido pelo ex-candidato à Presidência da República Pastor Everaldo Dias Pereira informou por meio de nota, que de acordo com o estatuto do PSC, “os diretórios municipais são os órgãos de deliberação política nos municípios. O estatuto também prevê que filiados que faltem com a ética podem sofrer sanções como advertência, suspensão das atividades partidárias, perda do direito de disputar cargo eletivo, cancelamento do registro de candidatura e até expulsão”.

LEIA TAMBÉM:

Vereador observa e cheira calcinha durante sessão
Ditinho pede desculpas por episódio das calcinhas
Conselho da Mulher, vereadores e partido repudiam vereador cheirando calcinha

Por isto, a reportagem entrou em contato com o presidente local do PSC, Nelson Koki, que relatou que o partido ainda não tomará nenhuma medida com relação ao vereador Ditinho Bueno.

“Vamos aguardar o que vai acontecer na Câmara Municipal. Enquanto não tiver esse desfecho, essa definição, eu não vou me manifestar”, afirmou Koki ao Em Pauta.

Ao menos dois pedidos de cassação do mandato do vereador e providências já foram protocolados no Legislativo.

A Câmara Municipal de Bragança Paulista informou que recebeu um pedido de cassação do mandato do vereador Ditinho Bueno, na tarde de sexta-feira, 26. O pedido é de autoria de Rogério Aparecido Lopes Moraes. Além disso, na quinta-feira, 25, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher protocolou na Casa nota de repúdio e pedido de providências sobre o fato. Ambos os pedidos deverão ser analisados em Plenário.

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular?  É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

Deixe uma resposta