Na tarde de hoje, por volta das 13h, a Polícia Militar, deteve Samuel Antonio Tacito, mais conhecido como “Samuca” na Santa Lúcia Ele foi preso, acusado de tráfico de drogas e posse ilegal de munição.

Segundo o apurado, policiais militares estavam em patrulhamento pelo bairro  a fim de averiguar denúncia de uma movimentação suspeita em uma residência.

O local, segundo as denúncias, era utilizado por traficantes para armazenar e embalar drogas.

No momento em que os policiais passavam pelo local, Samuel saia do imóvel. Ele ainda tentou fugir, mas foi detido.

Samuel mora em Vargem, mas segundo o apurado pelos policiais, estaria em Bragança Paulista para assumir ponto de tráfico a mando de “Edinho”, Éder Luis da Silva, que foi detido na última terça-feira, dia 10, também pela PM.

Os policiais realizaram buscas no imóvel e aprenderam porções de maconha e cocaína, além de material para embalar drogas, balança de precisão, uma prensa, e munições de calibres 22 e 9mm, além de R$ 900,00 em dinheiro.

Diante disto, o acusado foi conduzido à Delegacia de Vargem, onde foi autuado em flagrante delito e permanecendo a disposição da justiça.

PRISÃO DE EDINHO

“Edinho” foi preso pela PM, na Rua São Paulo, esquina com Travessa Itália, no centro. A prisão aconteceu, quando ele e Maurício Sérgio Arico Filho, mais conhecido como “Dú”, saiam da residência e ao perceber a presença policial tentaram fugir.

“Edinho” correu para o interior do imóvel se trancando no local. Dú, tentou fugir com seu Ônix, mas foi detido. Ele informou que “Edinho” é seu amigo e ele deixou o mesmo ficar uns dias em sua casa.

O rapaz, demonstrava grande nervosismo e várias contradições e autorizou que os policiais fossem até a sua residência. “Edinho” ainda tentou fugir, mas foi detido. Ele ainda tentou apresentar documentos falsos, mas os policiais constaram que ele foragido do sistema prisional, onde cumpria pena de 15 anos pelo crime de homicídio.

Segundo os policiais, o fugitivo confessou que é integrante da facção criminosa PCC.  No quarto que ele usava,  foram localizadas diversas folhas e um caderno contendo anotações e contabilidade pertinentes ao tráfico de drogas e cartas denominadas “salve geral”, que seriam encaminhadas aos membros do PCC.

Foram apreendidos também no local  porções de maconha, micro pontos de LSD, balança de precisão e embalagens plásticas.