Durante o final de semana, as Praças Raul  Leme e José Bonifácio foram tomados por jogadores do Pokémon Go.

O jogo que virou febre em todo o mundo. chegou no Brasil na última quarta-feira, dia 3, e já mudou o ritmo dos bragantinos.

Na noite de sábado, dia 6, para domingo, dia 7, ao invés de ir para baladas, bares e restaurantes, muitos jovens se reuniram nas Praças Raul Leme e José Bonifácio. Por volta de 1h30 da madrugada ainda era possível encontrar jogadores no local.

O fenômeno se repetiu por toda a manhã e tarde de domingo. Ambas as praças, geralmente movimentadas apenas no horário da missa, ficaram lotadas todo o dia. O movimento era tanto, que até o trânsito no entorno estava lento, e era preciso mais que uma volta para conquistar uma vaga para estacionar.

O principal objetivo do game é capturar todas as criaturas conhecidas como “Pokémons”, a partir de um mapa, que mistura o mundo virtual com o mundo real. O jogo usa o sistema de GPS para permitir que os jogadores localizem as criaturas, que podem ser vistas pelas câmeras dos celulares na rua, no ônibus, no trabalho e até mesmo na cozinha de casa.

Outro ponto em Bragança que teve aumento de público nos últimos dias por causa do jogo foi a Praça Princesa Isabel, em frente a Igreja do Rosário, onde há um “ginásio” para disputa entre os jogadores. Outro ginásio pode ser encontrado na rotatória da Avenida dos Imigrantes que dá acesso a Rodovia Capitão Barduino (Bragança/Socorro).

Esta rotatória, assim como outras, que possuem monumentos são pontos para que os jogadores conquistem mais “poké bolas”. Estes locais são os chamados “poké stops”. Como se tratam de rotatórias movimentadas é preciso que os jogadores redobrem a atenção, tanto se estiverem a pé ou de carro. Vale lembrar, que o celular dirigindo é proibido, portanto, só vale jogar pokémon quado estiver no lugar do passageiro.

Se você já baixou o jogo ou deixou seu filho baixar aqui vão algumas dicas, afinal muitos acabam se envolvendo demais no jogo e isto pode trazer riscos à segurança.  Há perigo de roubos de celulares, atropelamentos, quedas, acidentes de trânsito.

Confira as principais dicas para caçar Pokémons com segurança:

  • Não exponha seus telefones ou tablets em qualquer lugar para não ser roubado.
  • Ao atravessar as ruas e avenidas, desligue o jogo e atravesse com segurança.
  • Respeite as propriedades privadas. Nada de sair caçando Pokémon em locais privados sem autorização.
  • Se for procurar Pokémons em locais abertos, é melhor ir em grupo.
  • Se aparecer algum estranho na sua casa ou estabelecimento comercial dizendo que precisa pegar um Pokémon, não deixe entrar.


Por enquanto a reportagem do Bragança em Pauta não teve informações sobre incidentes em Bragança Paulista por causa do jogo. Há informações de que pessoas já foram atropeladas por causa disto.