A Polícia Civil continua investigando o assassinato da jovem Yara Fabian Pinheiro da Silva, cujo corpo foi encontrado na noite de sexta-feira, dia 16, às margens da represa de Nazaré Paulista.

A jovem foi assassinada com 27 facadas, sendo 18 facadas nas costas e regiões do corpo, uma no pescoço e oito na cabeça..

A polícia já chegou a interrogar um suspeito, mas o mesmo foi liberado. Com ele foi encontrado um lençol com sangue e uma faca. Os objetos foram apreendidos. O homem disse que estava com uma garota de programa e que o sangue era dela. Exames irão comprovar ou não a versão.

A Polícia chegou a este suspeito porque seu veículo, uma kombi, foi vista parada às margens da rodovia. A polícia, com o objetivo de elucidar os fatos, procura também por uma garoto, que viu quando alguém deixou o corpo no local.

Como ele foi visto pelo criminoso, saiu correndo, pedindo ajuda de duas senhoras, que acionaram a polícia.

Além das facadas há suspeitas de que a garota tenha sido violentada. Esta hipótese será comprada através dos exames periciais.

O crime chocou a região.

A garota estava desaparecida desde quinta-feira, dia 15, por volta das 13h, quando saiu para ir ao dentista. Ela morava em Piracaia, ia para o dentista em Atibaia.

Seu sepultamento ocorreu na tarde de sábado, dia 17.