polícia

Entre sexta-feira, 27 e sábado, 28, as forças de segurança do município desenvolveram atividades distintas e bem sucedidas de combate ao tráfico de drogas em Bragança Paulista. As ações aconteceram em três bairros diferentes e duas pessoas foram presas.

Conforme o registrado, policiais civis da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) prenderam no final da manhã de sexta-feira, dia 27, um rapaz de 19 anos, acusado de tráfico.

O jovem já vinha sendo investigado por tráfico de drogas no bairro Planejada II e foi abordado na  porta de sua casa.



Durante buscas na residência, a Polícia Civil encontrou uma porção média de maconha, 01 rolo de papel alumínio, usado para embalar droga e R$ 200,00 em dinheiro.

Fábio foi levado para a delegacia, autuado em flagrante por tráfico de drogas e apresentado em audiência de custódia.

Já na tarde de sexta-feira, 27, a Polícia Militar se deslocaram até o Jardim da Fraternidade para verificar denúncia de que um indivíduo estaria armado e vendendo drogas.

No local citado na denúncia, os policiais encontraram um jovem de 18 anos, em frente a uma residência, abordaram-no e revistaram-no, encontrando no bolso de sua bermuda 11 pedras de crack, 05 papelotes de cocaína e 05 “buchas” de maconha, além de um celular.

Os policias realizaram então buscas no interior da residência onde  encontraram mais 16 pedras de crack, 21 papelotes de cocaína e 20 “buchas” de maconha, 01 balança digital e R$ 80,00.

O rapaz confessou o comércio de drogas e ao ser questionado sobre a existência de uma arma de fogo, ele confessou que tinha um revólver calibre 22, mas que tinha vendido. Relatou ainda que tinha também um revólver calibre 38,  mas que escondeu o mesmo no mato e ele foi furtado.

Diante dos fatos, o rapaz foi levado para o Plantão Central da Polícia Civil, autuado em flagrante por tráfico de drogas e apresentado em audiência de custódia.

Já na madrugada de sábado, 28, a Guarda Civil Municipal fazia patrulhamento pela Rua São Marcos, no bairro do Cruzeiro, quando viram uma mulher em atitude suspeita, resolvendo abordá-la.

A mulher, correu e colocou alguma coisa na boca, resistindo à abordagem, mas, após contida, confessou que tinha engolido duas pedras de crack, alegando ser usuária de drogas.Com ela os guardas encontraram R$ 59,50, que ela afirmou ser fruto de um programa.

Em uma varredura pelo local os guardas encontraram 8 pedras de crack, mas não foi possível afirmar que pertenciam à mulher abordada. O caso foi apresentado no Plantão Central da Polícia Civil, onde as drogas foram apreendidas e a mulher, ouvida e liberada.

1 comentário

  1. É triste ver crianças e jovens ingressando nesta vida do tráfico ! Muitos entram porquê querem , e tem muitos que infelizmente por ação equivocada de alguns órgãos da lei estão presos por serem usuários ! Se a lei prendesse o traficante ! Não teria usuário , mais isso jamais acontecerá , pois faz parte de um sistema falido, que tem que ter o traficante e o avião se eles não existirem não existirá mais dinheiro e capital de giro pra estes que comandam nosso país !