Polícia localiza desmanche

Na manhã de sexta-feira, 4, policiais civis de São Paulo trocaram tiros com criminosos, em Bragança Paulista. O caso foi registrado na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e duas pessoas foram presas.

Conforme o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta policiais do 10º Distrito Policial (DECAP) estavam realizando uma investigação policial sobre roubos e furtos de caminhões quando se depararam com um veículo VW/Gol de
cor vermelha, que era suspeito.

Eles decidiram fazer o acompanhamento do mesmo. Foi então que o automóvel ingressou na Rodovia Fernão Dias até chegar em um galpão, em Bragança Paulista. Quando se aproximaram do galpão, no entanto, o motorista do carro percebeu a presença da viatura descaracterizada. Os suspeitos conseguiram fugir.

Os policiais decidiram, na sequência, entrar no galpão. Foi então que os criminosos que lá estavam atiraram contra eles e fugiram se embrenhando no meio do mato.

No mínimo oito pessoas estavam no local, de acordo com a polícia.

Troca de tiros

Os policiais pediram reforço e foram atrás dos criminosos. Houve troca de tiros. Um bandido foi atingido na região do ombro, foi socorrido e preso.

Duas armas utilizadas pelos marginais foram apreendidas. Tratam-se de dois revólveres de calibre 38, ambos com a numeração suprimida.

Um helicóptero da Polícia Militar chegou a ser acionado. Policiais da DIG também estiveram no local. Um homem chegou a ser localizado sujo de graxa e com ferimentos no rosto, quando o caso á era registrado. Ele foi preso.

No galpão foram encontradas diversas peças automotivas, como portas, banco, tanque, além de uma cabine de caminhão de cor branca. Dentro dela havia um comprovante de pedágio contendo a placa HNY3041,( produto de crime).

Além disso, havia também no galpão um caminhão que provavelmente seria usado transportar as peças. Foram encontrados também dois chassis de caminhão, ostentando a numeração suprimida.

A perícia também esteve no galpão. O preso baleado confessou, aliás, que tinha sido contratado para ganhar R$200,00 por dia no local.

Se você quiser ficar sempre por dentro das últimas e principais notícias policiais de Bragança Paulista, Atibaia e região é fácil. Acesse nossa aba especial no site, ou nossa página de noticias policias no face:

Deixe uma resposta