A Prefeitura de Bragança Paulista resolveu ampliar as áreas de estacionamento com Zona Azul no município.

O aumento das áreas foi publicado na terça-feira,12, na edição nº 982 da Imprensa Oficial do Município. O Decreto n° 3.463 inclui mais 13 vias na Zona Azul. Com isto, nestes locais, o motorista também tem que pagar para estacionar.

A Zona Azul funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados das 8h às 13h. O serviço é digital e a tarifa para automóveis é de R$ 2,50, por hora de estacionamento.

Os treze novos logradouros inclusos foram:

  •  Rua Monsenhor Kohly, toda extensão;
  • Rua Conselheiro Rodrigues Alves, toda extensão;3.    Rua Dom Aguirre, toda extensão;
  • Rua Luiz Nardy, no trecho entre a Rua Teófilo Leme e a Av. Antônio Pires Pimentel;
  • Travessa São Luiz, toda extensão;
  • Praça Luiz Apezzatto (Rodoviária velha);
  • Rua Dr. Antônio da Cruz, no trecho entre a Rua Cel. Assis Gonçalves e a Av. José Gomes da Rocha Leal;
  • Praça Jorge Arruda (Largo do Ovo);
  • Rua Cel. Ladislau Leme, no trecho entre a Rua Santa Clara e a Praça José Bonifácio;
  • Rua da Liberdade, no trecho entre a Rua Cel. João Leme e a Rua Cel. Luiz Leme;
  • Rua Dr. Tosta, no trecho entre a Rua Cel. Teófilo Leme e a Rua Cel. Luiz Leme;
  • Rua Expedicionário Basílio Zecchin Júnior, no trecho entre a Rua Cel. Teófilo Leme e a Rua Cel. Luiz Leme;
  • Rua Dr. Clemente Ferreira, no trecho entre a Av. Antônio Pires Pimentel e a Rua São Pedro.

A fiscalização nas vias citadas será realizada após a sinalização de estacionamento rotativo nos locais.

Muitos comerciantes e funcionários do comércio, usavam estas vias como alternativa para estacionar o carro durante o dia todo e não pagar Zona Azul. A medida, pretende aumentar o número de vagas disponíveis no centro da cidade, para quem vai utilizar o comércio,

Zona Azul para motos

O decreto prevê também cobrança de R$ 1,00 por hora, para o estacionamento de motocicletas.

Vale lembrar, que tanto carros, como motos, só podem permanecer na mesma vaga por no máximo duas horas.

O  novo decreto prevê ainda que a Prefeitura de Bragança Paulista poder implantar vagas de estacionamento de motocicletas sem cobrança de tarifa, em locais próximos aos pontos de parada das linhas circulares do transporte coletivo de passageiros da região central.

Outra medida adotada é que os veículos de pessoas com deficiência, nas vagas especialmente demarcadas, devem portar o cartão de Estacionamento Especial, dentro da validade e em local visível para a fiscalização. Em caso de estacionamento em vagas comuns, ou seja, não especialmente demarcadas, pessoas com deficiência devem pagar a tarifa normalmente.

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como da região no celular?
É só clicar aqui: WhatsApp do Bragança Em Pauta

Deixe uma resposta