Prefeitura confirma retorno de Bertin para Secretaria de Segurança

A Prefeitura de Bragança Paulista anunciou nesta quinta-feira, 17, o retorno de Dorival Francisco Bertin para o cargo de Secretario de Segurança e Defesa Civil de Bragança Paulista. A solenidade de posse está marcada para segunda-feira, 21, as 18h.

Ele pediu exoneração do cargo em abril de 2018 depois que o Ministério Público questionou a Prefeitura sobre sua nomeação. Na época o MP questionou  também a nomeação de Cléber Centini Cassali como secretário de Cultura e Turismo. Ambos tem condenação na justiça, em segunda instância, e de acordo com a Lei da Ficha Limpa não poderiam exercer o cargo.

Na época da exoneração, no entanto, os dois alegaram que as condenações não eram impeditivas mas pediram  afastamento  para não causar embaraços à administração.

A condenação

Bertin foi acusado de praticar assédio moral contra duas guardas municipais em 2005. Ele  foi condenado em uma ação Civil Pública. A Justiça determinou o afastamento e a perda da função e do cargos público, bem como a suspensão dos direitos políticos. Também foi determinado o pagamento de multa civil por ato de improbidade administrativa e pagamento de indenização às vítimas.

A decisão em primeira instância saiu em novembro de 2005. Bertin, no entanto, já não estava mais no cargo visto que o prefeito Jesus Chedid foi cassado em outubro daquele ano. Bertin, na época recorreu da decisão cujo processo ainda se arrasta na Justiça.

Apesar de nunca ter se afastado totalmente da administração, no período em que o guarda municipal Alexsandro Olegário esteve a frente da pasta, nos últimos dias, chamou atenção que sua presença em reuniões da administração foram intensificadas.

O Bragança Em Pauta, inclusive divulgou que ele participou de reunião para tratar sobre questões de segurança, no gabinete. Bertin também participou de reunião de planejamento do secretariados para 2019 e 2020.

Assim como Bertin, Cléber Centini mesmo sem nomeação também tem participado ativamente da administração. Ele foi condenado em um processo, que teve início em 2015, em Serra Negra, onde ele também exerceu o cargo de Secretario de Cultura e Turismo.

Cléber foi condenado por improbidade administrativa, por usar logomarca de sua empresa em banners da Prefeitura de Serra Negra. Por enquanto, não foi divulgada uma possível volta dele ao cargo.

Mobilidade Urbana

Enquanto Bertin volta ao cargo de Secretario de Segurança a nomeação de um Secretaria de Mobilidade Urbana, continua uma incógnita.

O prefeito Jesus Chedid pretendia nomear um novo secretário para a pasta ainda em 2018, mas não conseguiu. Disse ao Bragança Em Pauta, que não pode errar na nomeação.

Pouco antes da posse de Bertin inclusive deve acontecer aliás, a assinatura do contrato com a empresa Splice para implantação de novos radares em Bragança Paulista. A licitação foi homologada em dezembro e desde então era aguardada a assinatura do contrato. A assinatura está agendada para as 17h.

Desde maio de 2018 radares e equipamentos de OCR estão desligados no município.

 

 

 

Deixe uma resposta