A Prefeitura de Bragança Paulista divulgou na manhã desta quinta-feira, dia 19, que destinará R$ 308 mil para que as escolas de samba realizem os desfiles na Passarela Chico Zamper durante os festejos do Carnaval 2017.

Segundo nota da Prefeitura, o valor será pago em duas vezes, a primeira parcela, de 70% do total, no dia 6 de fevereiro e a segunda, de 30%, no dia 6 de março.

A Secretaria de Assuntos Jurídicos está analisando de que forma esse repasse será realizado, se diretamente para as escolas de samba ou se por intermédio da Liga Bragantina das Escolas de Samba (LIESB)

O anúncio da verba foi feito após reunião entre as escolas, o prefeito Jesus Chedid e sua equipe o presidente da LIESB, Paulo de Oliveira, e representantes das escolas de sambas da cidade.

Os desfiles ocorrerão no sábado, domingo e terça-feira de Carnaval. Participarão do evento cinco escolas do Grupo Especial: Acadêmicos da Vila, Dragão Imperial, Lavapés, Nove de Julho e Águas Claras além de duas do grupo de acesso: Fraternidade e Império Jovem,  duas escolas mirins: Herdeiros da Dragão e Vila do Amanhã, além da escola Realeza Imperial, da melhor idade.

 “Este é o primeiro passo para salvarmos o carnaval de Bragança, uma manifestação cultural tão importante para a comunidade. Nosso objetivo é que Bragança Paulista volte a ter o melhor carnaval do interior paulista”, disse Jesus Chedid durante a reunião.

Além dos desfiles, uma semana antes do Carnaval, haverá a abertura da folia com blocos de rua. Os festejos de Momo contarão ainda com o tradicional CarnaPraça, e o Baile de Carnaval da Terceira Idade.

Em 2015, o ex-prefeito Fernão Dias da Silva Leme, alegando crise financeira, não concedeu subvenção para as escolas de samba. Na oportunidade, apenas Nove de Julho e Dragão desfilaram. Pouquíssimas pessoas prestigiaram o evento.  Na avenida, não foram montadas arquibancadas extras nem camarotes e o recinto não foi cercado. A Prefeitura, na época, apenas pintou o chão e disponibilizou a Guarda Civil e equipe de Saúde para ficar no local.