Prefeitura quer construir "piscinão" para evitar enchentes

O prefeito Jesus Chedid declarou de utilidade pública o lago situado na Rua Luigi Picarelli. A ideia da Prefeitura de Bragança Paulista é fazer a desapropriação do local. Após a desapropriação deve ser construído no local um  Reservatório de Detenção de Cheias, mais conhecido como “piscinão”.

Os chamados piscinões tem a finalidade de realizar a acumulação temporária das águas de chuva. Com isso, eles contribuem com a redução das inundações urbanas, ou seja, a  Prefeitura quer construir “piscinão” para evitar enchentes.

A declaração de utilidade pública foi realizada através do Decreto n° 2.866 publicado na edição desta terça-feira, 15, do Imprensa Oficial.

Frentes de trabalho

Em nota, a Divisão de Imprensa da Prefeitura informou que o prefeito Jesus Chedid tem como prioridade absoluta o enfrentamento às enchentes. Os trabalhos devem ser divididos em três frentes. A primeira delas aliás, são as obras de contenção do assoreamento na região do Lago do Taboão. A segunda a construção de bacias de contenção. A terceira a desobstrução dos ribeirões e limpeza dos bueiros. Além disso, a Prefeitura continua buscando o financiamento de R$ 30 milhões para projeto de macrodrenagem do município.

A área declarada de utilidade pública tem  pouco mais de 6 mil m². Ela fica situada no cruzamento da Rua Francisco Luigi Picarelli com a Avenida Salvador Markowicz.

A ideia da Prefeitura é aumentar a profundidade do lago existente no local e assim expandir sua capacidade de retenção de águas pluviais. Com isto, consequentemente, será liberada numa vazão menor para o sistema que integra o Córrego do Taboão.

Lago do Taboão

Com relação ao Lago do Taboão a Prefeitura realiza no dia 31 de janeiro, às 9h30 uma Tomada de Preços. A ideia é contratar uma empresa especializada na implantação de sistema de proteção contra o assoreamento do Lago do Taboão. Caberá a empresa contratada, por exemplo, a execução da Bacia de Sedimentos S2, Caixa de Contenção S3 e Vertedouro.

A Bacia de Sedimentos, aliás,  deve ser construída na cabeceira Sul (altura da padaria denominada Padoka) e a Caixa de Contenção na altura da rotatória São Francisco. Também está prevista a realização de adequações nas comportas da cabeceira Norte (travessia sob a Rua Arthur Siqueira).

Estragos causados pela chuva

Vários são os estragos que as fortes chuvas tem causado no município desde o final de 2018. Em novembro, por exemplo, No dia 25 de novembro, o bairro do Lavapés ficou totalmente debaixo d’água. As ruas foram tomadas pela água. Carros e casas foram invadidos pela água.

Leia +: https://bragancaempauta.com.br/balanco-enchentes-em-braganca/

O ano mal tinha começado aliás e no dia 4 de janeiro as enchentes voltaram atormentar a cidade. Várias vias foram alagadas.

Leia + https://bragancaempauta.com.br/ano-novo-problemas-velhos-com-as-chuvas/

 

 

 

Deixe uma resposta