preso por uso de documentos falsos

Um homem de 53 anos foi preso pela Polícia Civil de Bragança Paulista, na sexta-feira, 14. Ele foi preso por uso de documento falso.

Conforme o apurado pelo Jornal Bragança Em Pauta, o homem foi a agência do Banco Santander da Praça Raul Leme e tentou abrir um conta. O gerente  desconfiou da autenticidade dos documentos por ele apresentados e acionou a polícia.

Os policiais foram para o local e viram o suspeito caminhando pela praça.  O homem entrou no Banco do Brasil, saindo logo em seguida.

Na sequência ele foi até uma camionete GM/S-10, azul, placas DSJ-0400/Porto Ferreira, que estava estacionada defronte ao Santander.

Foi nesta hora, que os policiais o abordaram. O homem deu outro nome para a polícia e passou a responder de forma evasiva e desencontrada às perguntas feitas pelos policiais.

Foi então que confessou sua real identidade e disse que os documentos exibidos eram realmente falsos e que os tinha usado para abrir a conta.

Os policiais revistaram a camionete e nela encontraram outros documentos, em nomes de pessoas distintas.

Diante dos fatos o homem foi levado para a delegacia. Ele foi autuado em flagrante por uso de documento falso e falsidade ideológica. Posteriormente, ele foi apresentado em audiência de custódia.

A camionete, por sua vez, foi recolhida ao guincho. Cheques e documentos foram apreendidos.