Mais um crime bárbaro movimentou a região na terça-feira, dia 3.

A professora de Itatiba Ana Maria Jericó Moraes, de 55 anos, foi sequestrada na noite de segunda-feira, dia 2 e seu corpo encontrado em Nazaré Paulista, na manha de terça-feira, dia 3. Em menos de 24 horas,  a Polícia Militar e as guardas municipais de Jundiaí e Itatiba conseguiram esclarecer o crime.

A vítima era mulher de um policial militar.

Segundo o apurado, um dos bandidos foi detido no Jardim Fepasa, em Jundiaí. Outros dois,  menores de idade, foram detidos na Rodovia Engenheiro Constâncio Cintra pedindo carona para voltar para casa. Umdos menores, era aluno da professora.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



Tudo começou quando Ana Moraes não voltou para casa e a polícia foi acionada.

Com  ajuda do sistema de monitoramento da Guarda Municipal de Itatiba, a polícia constatou que o carro da professora, um Palio branco seguiu em direção de Campinas pela Rodovia Dom Pedro 1º e, que depois, às 7 da manhã, voltou para Itatiba.

Os policiais levantaram os gastos efetuados com o cartão de crédito da vítima e perceberam que foram feitas várias compras em um posto de combustíveis e também em duas farmácias.

Foi com estes dados que os policiais conseguiram imagens dos três suspeitos e os identificaram.

Enquanto buscavam informações pelo paradeiro dos ladrões e da professora veio a notícia de que um corpo foi  localizado às margens da represa no Parque das Águas, em Nazaré Paulista.

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Bragança Paulista e os exames revelaram que ela  estava quebrada.

Os policiais e guardas civis fizeram um cerco ao Jardim Fepasa e detiveram um dos suspeitos, que confessou que era o motorista do roubo.

Ele contou ainda que abordaram a professora em um semáforo e que a principio, só praticariam o roubo, mas que depois decidiram cometer o sequestro e exigir dinheiro da família.

No meio do caminho, entretanto, revelou que os os menores decidiram jogar a professora de uma ponte em Nazaré Paulista.

A ideia, segundo eles, era que ela desaparecesse nas águas, mas a mesma caiu na margem da represa e morreu na hora, com o impacto da queda.

Os dois menores foram apreendidos quando tentavam fugir, pedindo carona na rodovia.