A Prefeitura, assinou na última sexta-feira, dia 27, contrato emergencial com a Reviva Saúde organização social que recentemente ganhou licitação e assumiu as unidades de saúde do município. Com o contrato, a entidade passou a gerenciar também, a Unidade de Pronto Atendimento Vila David e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

O contrato de  R$ 3.842.133,00 foi feito através de dispensa de licitação através do Processo Administrativo nº 26.091/2017 já que o contrato com a Associação Brasileira de Beneficência Comunitária (ABBC), terminou no dia 29.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE



A Prefeitura até tentou contratar outra empresa através de licitação, para gerenciar a UPA e o SAMU, mas a mesma foi suspensa a partir de orientações do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Os funcionários da UPA e SAMU só foram avisados que a ABBC não continuaria prestando serviços na sexta-feira, dia 29, quando foram demitidos.

Apesar do contrato ter sido assinado no dia 27, a contratação da Reviva Saúde foi divulgada oficialmente no Imprensa Oficial desta terça-feira, dia 3.