As rotatórias da Avenida dos Imigrantes irão dar lugar a semáforos.

O anúncio foi feito pela Prefeitura de Bragança Paulista que firmou, durante a semana, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Bragança Garden Shopping, que será inaugurado na terça-feira, dia 22.

Com a implantação do shopping, além do aumento do movimento na Rodovia Alkindar Monteiro Junqueira (SP 063) que liga Bragança Paulista à Itatiba, haverá aumento do tráfego em vias que dão acesso à rodovia, como à Avenida dos Imigrantes e a Avenida Alberto Diniz.

Diante disto, além de realizar a duplicação de trecho da rodovia para facilitar o acesso ao shopping, a Prefeitura informou que os empresários responsáveis pelo empreendimento, terão também que elaborar um projeto funcional viário único e executivo para trechos da Avenida dos Imigrantes, compreendendo um total de sete intersecções.

Segundo a Divisão de Imprensa, na altura da Praça Nove de Julho, haverá substituição da rotatória existente por semáforo e alterações do sentido das vias no entorno da praça.

Esta obra na Nove de Julho é esperada desde a administração de João Afonso Sólis (Jango) e por muito tempo foi barrada por causa do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephat) que não aceita a retirada da “Maria Fumaça” do local.

Segundo a Prefeitura, além das mudanças na Praça Nove de Julho serão feitas modificações viárias no cruzamento com a Avenida Europa. Ocorrerá manutenção das duas pistas livres na Avenida dos Imigrantes e apenas o espaço necessário para conversão à esquerda, na Avenida Europa.

Já na Rua Felipe Siqueira, será feita compatibilização do trecho com semáforo de projetos funcional e executivo a serem elaborados, considerando conversão à direita (sentido centro-bairro).

Já no encontro com a Avenida Alberto Diniz, haverá reformulação geométrica e implantação de semáforo com três fases.

Próximo ao Fórum, a rotatória será substituída por semáforo, assim como próximo à Câmara Municipal e a Avenida Plínio Salgado.

O projeto deverá ser aprovado pela Prefeitura e as obras poderão chegar ao valor de R$ 1 milhão.

Segundo o TAC, o prazo previsto para execução deve ter início na segunda quinzena de dezembro de 2016 e término até o mês de junho de 2017.