As chamadas “saidinhas temporárias”, que permitem que presos passem dias fora da cadeia, em datas festivas como o Dia dos Pais, Páscoa, Natal e Dia das Mães, são cercadas de muita polêmica.

E em Bragança Paulista, dois presidiários beneficiados com a chamada “saidinha do Dia dos Pais”, foram flagrados pela polícia militar: um com drogas e outro ameaçando a própria mãe.

APREENSÃO DE DROGAS NO MARANATA

Na tarde de segunda-feira, dia 14, policiais militares faziam patrulhamento pelo Jardim Maranata e ao passarem pela Rua Dois viram dois indivíduos. Um deles estava com uma sacola nas mãos, entregando alguma coisa para o outro.

Assim que viram a viatura, os dois saíram correndo para sentidos opostos, tendo os policiais seguido o que estava com a sacola.

O rapaz ainda tentou se livrar da sacola, jogando a mesma no chão. Ele pulou pelo telhado de várias casas, até que perdeu o equilíbrio e caiu, sendo então abordado e identificado como Matheus Edmílson Rodrigues, de 19 anos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

 



Com ele nada foi encontrado, mas na sacola os policiais encontraram 48 “buchas” de maconha.

O indivíduo que fugiu não foi localizado.

Mas a polícia abordou um outro indivíduo e com ele foi encontrada 01 “bucha” de maconha, 01 celular e R$ 15,00. O rapaz confessou que tinha comprado a maconha de Matheus.

Os dois foram conduzidos ao Plantão Central, sendo Matheus autuado em flagrante por tráfico de drogas e apresentado em audiência de custódia.

Constatou-se no plantão que o indivíduo que comprou a droga estava beneficiado com a saída temporária de Dia dos Pais e que deverá retornar ao CPP de Campinas no dia 16.

Contra ele foi lavrado termo circunstanciado de ocorrência por porte de drogas, sendo ele compromissado a comparecer em audiência no fórum.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Já no final da tarde de segunda-feira, dia 14, a Polícia  Militar foi acionada a comparecer no Green Park para atender ocorrência de violência doméstica.

Os policiais então encontraram na rua, a vítima, uma mulher  de 58 anos, que relatou que seu filho, usuário de drogas, quebrou vários objetos dentro de casa, a ameaçou de morte e quase a agrediu.

Segundo ela, o rapaz estava preso, mas tinha sido beneficiado com a saída do Dia dos Pais e estava causando confusão.

Os policiais entraram no imóvel e lá encontraram  Edvan Alencar Albuquerque, de 30 anos, que estava muito alterado e resistiu à ação policial, passando a proferir palavras de baixo calão aos policiais,

Já no compartimento de presos da viatura, Edvan continuou alterado e se debatendo. Ele foi conduzido ao Plantão Central, autuado em flagrante por ameaça – violência doméstica, resistência, desacato e desobediência e apresentado em audiência de custódia.

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo 22,8 mil condenados ao regime semiaberto saíram das penitenciárias do Estado de São Paulo na “saidinha” do Dia dos Pais.

A “saidinha” é um benefício garantido por lei a todos os presidiários que: estejam detidos em regime semiaberto, já tenham cumprido um sexto da pena (um quarto, no caso de reincidentes) e apresentem bom comportamento.