Skip to content

Salário dos deputados deve ser reduzido em 30% no Estado de São Paulo

Salário dos deputados deve ser reduzido

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa anunciou nesta quarta-feira, 22, que pretende reduzir em 30% os salários dos deputados e em 20% dos assessores comissionados. A expectativa é que com estas e outras medidas a assembléia economize cerca de R$ 320 milhões. O dinheiro deve ser usados no combate à Covid-19.

O presidente da Alesp, deputado Cauê Macris (PSDB) ressaltou que “o maior Legislativo estadual do país não poderia deixar de apresentar suas ações porque todos precisam contribuir nesse momento difícil que atravessamos”.

O projeto de resolução, deve ser votado em plenário já na semana que vem. Além da redução de 30% no subsidio dos deputados e 20% na remuneração dos servidores comissionados, a proposta determina ainda o corte de 30% na verba de gabinete. Além disso, será feita a revisão de todos os contratos da Assembléia, cuja redução pode chegar até 40%.

Todos os recursos economizados serão repassados mensalmente aos cofres do governo para que sejam aplicados em ações de enfrentamento à pandemia.

A proposta da Mesa Diretora também estabelece a suspensão do pagamento em dinheiro das licenças prêmio. Além disso, estabelece a devolução antecipada de 7% do orçamento do Legislativo para 2020, além da doação de 70% do fundo especial de despesa da Assembleia.

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região acesse:https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias pelo celular acesse: https://chat.whatsapp.com/BEtf6hqh9CW4JeRGa16MO3

[uam_ad id=”37841″]

Deixe uma resposta

© 2015-2020 Jornal Bragança Em Pauta - Todos direitos reservados