Saúde inicia monitoramento de oxigenação sanguínea de pacientes

Seis meses depois do início da pandemia da COVID-19, a Secretaria de Saúde de Bragança Paulista, decidiu monitorar a oxigenação sanguínea de pacientes idosos e com comorbidades.  O serviço, no entanto, não funciona no final de semana.

Pacientes atendidos na UPA Bom Jesus ou no Complexo Hospitalar Santa Casa com Síndrome Gripal, serão os beneficiados pelo monitoramento. A ideia é fazer a identificação da hipóxia silenciosa, ou seja, a falta de oxigênio no sangue.

De acordo com nota divulgada pela Prefeitura, o monitoramento será feito duas vezes ao dia, por 10 dias consecutivos. Nos finais de semana, no entanto, os agentes comunitários de saúde não farão a medição.

As visitas, no entanto, não acontecerão em toda a cidade. Serão realizadas para as pessoas que já recebem o Agente Comunitário mensalmente, nas  unidades de saúde Planejada I e II, Parque dos Estados I e II, Água Clara, Henedina Cortez, São Francisco de Assis e Casa de Jesus.

Esta são as regiões com mais casos de COVID-19 no município.

Muitos pacientes com problemas de oxigenação demoram para procurar atendimento médico e com isto, acabam precisando de internação na UTI e muitas vezes, já é tarde demais.

Bragança Paulista tem 3178 casos de coronavírus registrados desde o início da pandemia.  Dos 3178 casos positivos de COVID-19, no entanto, 1864  pacientes estão recuperados. Ao todo 47 pessoas morreram.

INFORME-SE

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás é fácil. Acesse o link: https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias de Bragança Paulista e região no celular? É só clicar aqui:
WhatsApp do Bragança Em Pauta

 

 

 

Deixe uma resposta