Inaugurado no último dia 22 de novembro, o Bragança Garden Shopping, que vem recebendo um enorme público desde a inauguração, protagonizou duas polêmicas durante a semana: uma placa de trânsito com erro de grafia e a cobrança do estacionamento.

A placa foi instalada na Avenida Alpheu Grimello, no Lago do Taboão na quinta-feira, dia 24 e rapidamente o erro de grafia se espalhou nas redes sociais.

A falta do “g”, no final da palavra shopping, entretanto, pode não ser o único erro existente na placa, que não foi instalada pela empresa de sinalização que presta serviços à Prefeitura.

Quem pagou pela placa? Quem autorizou sua instalação? Quantas outras placas foram instaladas indicando o shopping? A placa segue o Plano de Orientação de Tráfego (POT) do município ou foi feito um novo projeto só para atender o shopping? Foi feito algum chamamento público para instalação da placa já que se trata de um local privado?

Estas são algumas das perguntas feitas a Prefeitura e que aguardamos as repostas, para tratar melhor do assunto, afinal muito mais grave do que a falta do “g” no final da palavra shopping, que ocorreu, por um erro de digitação ou falta de revisão, é perceber que, por exemplo, metros a frente, na Praça Nove de Julho não há nenhuma outra placa indicando que para chegar ao centro,  é necessário, acessar à Rua José Domingues.

Ou seja, o motorista, que não conhece a cidade e não tem como objetivo chegar ao shopping, após ver a placa no Lago do Taboão, que já foi corrigida,  ficará perdido se quiser chegar ao centro.

Outra polêmica relacionada ao shopping é com relação a cobrança dos R$ 3,00 de estacionamento por 4 horas.

Isto porque, de acordo com a lei nº 3542 de 2003, que é de autoria do vereador Marcus Valle, é proibido a cobrança de estacionamento. Em contanto com a assessoria do Bragança Garden Shopping, eles informaram que a empresa cumpre toda legislação aplicável e que com relação a lei que proíbe o estacionamento, eles não reconhecem sua eficácia tendo em vista a vasta jurisprudências sobre a inconstitucionalidade da matéria em todo o país.

A polêmica da cobrança trouxe a tona também polêmica quanto a cobrança de estacionamento em outros dois pontos da cidade: Mercado Municipal e Hospital Universitário São Francisco.

Também aguardamos retorno da Prefeitura sobre este assunto.

Mesmo com toda polêmica, desde a inauguração o shopping mostra que veio para ficar e ser sucesso.  Desde o primeiro dia o público tem comparecido em massa, lotado o estacionamento e as proximidades. A Praça de Alimentação sempre está bastante disputada e o Papai Noel encanta adultos e crianças.