Bragança Paulista, viveu na última semana o cancelamento de dois shows.

Durante a semana, foi cancelada a apresentação de Marcos e Belutti, que estava programada para hoje, dia 11 de novembro, no Bragança Garden Shopping. O evento seria organizado pela Via SP Eventos, que divulgou uma nota, informando que “em face da delicada conjuntura econômica que vive o país, a resposta do público tornou insatisfatória à viabilidade do pesado investimento”

O cancelamento pegou o público de surpresa e quem cancelou o ingresso tem que esperar até o dia 4 de dezembro, para poder voltar ao ponto de venda onde comprou o mesmo e receber seu dinheiro de volta, exceto no caso de quem comprou o ingresso no shopping, que segundo nota da empresa, eles irão informar até o dia 30 de novembro, onde os clientes poderão resgatar o dinheiro de volta.

Na nota, eles também isentaram o shopping de qualquer responsabilidade sobre o cancelamento do show.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Não bastasse um evento ser cancelado e seus organizadores colocarem a culpa na “crise econômica”, na noite de sexta-feira, dia 10, foi a vez, da chuva ser a culpada do cancelamento do show Arena Safadão que aconteceria no estádio do Clube Atlético Bragantino.

Além da apresentação de Wesley Safadão estava previsto também o show de  Léo Santana e  os DJ´s Katryna e Bruno Pietro.

O que o público presente viu, além de muita chuva, foi muita desinformação e falta de organização.

No facebook, dos organizadores, D Tona Produções, não há nenhuma explicação sobre o ocorrido. A última postagem é de um video, de Safadão, convidando o público para o show. Nos comentários, há muita reclamações não só do show não ter ocorrido mas também da estrutura, por exemplo do lounge

Não há também nenhum posicionamento oficial na página de Wesley Safadão.

Os únicos que se posicionaram foi Léo Santana e o Clube Atlético Bragantino.

Em uma postagem  no facebook ele disse: “Infelizmente o show que aconteceria ontem 10/11 na cidade de Bragança Paulista/SP foi cancelado devido à forte chuva e por ter queimado o som, iluminação e ter comprometido toda estrutura do evento. Como falei em meus story, meu sem culpa venho aqui esclarecer e pedir a compreensão de vocês.  Toda produção do evento de fato irá arcar com os custo que o público sofreu!”, disse.

O Clube Atlético Bragantino, também publicou no seu facebook, que apenas alugou o estádio para a realização do evento e que nada tem a ver com a organização.

Além de muitas reclamações nas redes sociais por causa do cancelamento do show e dúvidas de quando o público poderá receber o dinheiro do ingresso de volta, o que sobrou do evento, foi muita sujeira em frente e no entorno do Bragantino.a

Na manhã de sábado, dia 11 o trabalho foi dobrado para os funcionários da empresa Embralixo, responsável pela varrição de rua e coleta de lixo, que nada tinham a ver com a história. As ruas estavam tomadas por lixo.

Por volta das 11h, o Bragança Em Pauta registrou uma coletora de lixo recolhendo dezenas capas de suja que foram deixadas espalhadas pela rua, por quem foi ao show. Além das capas, muita sujeita, latinhas e copos, em uma demonstração plena de falta de educação.