Sistema irá monitorar casos de COVID-19 em escolas de todo o Estado

A Secretaria Estadual da Educação lançou durante a semana, o Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para COVID-19 que vai monitorar os casos suspeitos e confirmados de coronavírus entre alunos, professores e funcionários das unidades escolares de todas as cidades do estado de São Paulo.

De acordo com o Governo do Estado, o objetivo do sistema  é consolidar os dados e informações relativos à incidência da doença na comunidade escolar e contribuir com as estratégias de prevenção e controle da doença.

O sistema também permitirá registrar casos de problemas ligados à saúde mental.

Além das escolas estaduais a ideia é que o sistema seja utilizado também em escolas municipais e particulares de todo o estado no ano letivo de 2021.

A retomada das aulas presenciais no próximo ano foi autorizada na educação básica, de forma gradual, em todas as fases do Plano São Paulo, inclusive nas mais restritivas como laranja e vermelha.

O Sistema está disponível no Secretaria Escolar Digital (SED), no link: https://sed.educacao.sp.gov.br.

Para utilizá-lo, cada escola deverá cadastrar um comitê local que fará o monitoramento dos protocolos sanitários. Entretanto, só o coordenador deste comitê, que deverá ser indicado pelo diretor da unidade escolar, ficará autorizado a lançar os dados.

No Sistema é possível fazer o registro de casos suspeitos e confirmados de coronavírus, com detalhamento de quais sintomas se manifestaram, indicação da realização e resultado de exames, período de isolamento domiciliar e com quais pessoas a pessoa teve contato dentro da escola, entre outros dados.

Números da COVID-19 em Bragança Paulista

Os últimos números da COVID-19, em Bragança Paulista, foram atualizados na quinta-feira, 23. Desde início da pandemia são 13.008 notificações, sendo que dos 6114 pacientes positivos, desde o início da pandemia, 4670 estão recuperados. Além disso, 1330 seguem em isolamento domiciliar.

A Prefeitura aguarda o resultado de 1076 exames. Além disso, dos 6114 pacientes positivos, 101 morreram.

O mês de dezembro, aliás, registra até agora onze mortes confirmadas de COVID-19. Mais do que o dobro de mortes de novembro, que registrou 4 mortes em decorrência da COVID-19.

Das 101 mortes registradas desde o início da pandemia, aliás, 50 pacientes eram homens e 51 eram mulheres, sendo que 18 vítimas fatais tinham menos de 60 anos. Já as outras 83 vítimas tinham 60 anos ou mais.

Do total de mortos, 22 eram moradores de asilo, sendo 12 do Jardim Público, 9 do asilo da Vila Bianchi, bem como 1 da Casa São Luiz, que abriga freiras idosas.

Agosto e setembro são os meses com maior número de mortes até agora, sendo 21 óbitos confirmados para COVID-19 em cada um dos meses.

INFORME-SE
INFORME-SE

Para ficar sempre por dentro das últimas informações sobre o coronavírus em Bragança Paulista, Atibaia e região, aliás é fácil. Acesse o link: https://bragancaempauta.com.br/tag/coronavirus/

Quer receber notícias de Bragança Paulista, bem como da região no celular?
É só clicar aqui: 
WhatsApp do Bragança Em Pauta

Deixe uma resposta