Polícia

Na noite de quarta-feira, 11, por volta das 19h, um corpo foi encontrado totalmente carbonizado dentro de um veículo em chamas, na cidade de Morungaba.

O Uno, pertencia a uma empresa da cidade de Itatiba e era monitorado via GPS.

Como o veículo estava com a funcionária, Maria Cristina Franco Schmidt, residente em Bragança Paulista, e ela está desaparecida, suspeita-se que seja o corpo da mesma.

O carro era monitorado por GPS e como não voltou no final do expediente e houve o desvio da rota, a polícia foi acionada e localizou o veículo em chamas, com o corpo dentro.

Devido ao estado de carbonização do corpo segundo informações do IML de Jundiaí, entretanto, não é possível, fazer o reconhecimento visual do mesmo a fim de atestar se é ou não o corpo da funcionária.

Ainda segundo informações do IML, sequer é possível saber se o corpo é realmente de mulher ou de um homem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



O caso foi registrado na delegacia de Itatiba e já foi requisitado a realização de um exame de DNA, a fim de confirmar se o corpo é ou não de Maria Cristina.

O exame será feito através de material colhido dos restos da arcada dentária da vitima.

Não há previsão da divulgação de resultados.

O carro foi encontrado na Estrada da Silva nas proximidade do centro de Morungaba e a polícia trabalha agora não só para identificar o corpo, mas também descobrir o que aconteceu naquela data.