Você vai viajar e sua viagem tem conexão? Você optou por fazer uma viagem com conexão para baratear sua viagem? Você não tinha outra opção a não ser fazer conexão em alguma lugar porque não há vôos diretos para seu destino? Então leia está matéria até o final, para você saber o que fazer para não se atrapalhar com o horário.

“Se sua viagem tem conexão, independente do motivo é primordial que você preste atenção em  alguns detalhes desses voos para não perder a viagem e gastar mais do que você pretendia”, afirma Cláudio Lutzkat, da Antaris Travel.

É preciso sempre levar em conta que você gastará tempo para desembarcar de uma aeronave e embarcar na outra.  “Nem sempre as viagens que incluem voos de conexão disponibilizam seus trajetos de forma pontual, sem acarretar problema ao passageiro. Há casos em que a aeronave não decola no horário marcado, acarretando a perda do voo de conexão. Em outros casos há o extravio da mala e o passageiro não consegue reencontrá-la no final do seu trajeto”, diz Cláudio Lutzkat.

Conexões internacionais

O especialista da Antaris Travel, lembrae ainda que grandes aeroportos internacionais por exemplo,  disponibilizam terminais de passageiros distintos para voos nacionais e internacionais. “Há casos em que, em razão da longa distância entre os terminais, são fornecidas linhas de ônibus, trens especiais ou esteiras rolantes que conectam um terminal ao outro, de modo a facilitar o movimento de passageiros e funcionários. É por isto que você tem que estudar antes seu trajeto, para não se atrapalhar e perder tempo”, diz.

“Um grande exemplo de transtornos é a decisão de que  todos os vôos para Buenos Aires chegarão em Ezeiza. Este aeroporto é mais afastado da cidade.  Enquanto  os voos internacionais chegam lá, os voos internos na Argentina partem todos do aeroporto Jorge Newbery na capital argentina. Ou seja, se você pretende ir para Bariloche ou Mendoza, por exemplo, você deverá trocar de aeroporto para seguir viagem. Quem não se prepara para isto, ou não tem orientação de um agência, pode perder a conexão”, diz.

Problemas de conexão podem acontecer também por causa de questões climáticas. “Aeroportos podem ser fechados por problemas climáticos. Com o fechamento, o atraso no primeiro embarque, por exemplo, pode fazer com que você perca a conexão. “Na hora de comprar a passagem com conexão, é preciso levar em conta que imprevistos podem acontecer se não você pode ter que gastar muito mais ao perder seu voo. Quando a conexão é por conta da companhia aérea, e algo acontece, vale lembrar que são eles os responsáveis por realocar os passageiros em outras aeronaves e garantir hospedagem, se for necessário”, diz.

Contratação de agência de viagens

Cláudio Lutzkat ressalta que é por causa de questões como estas que a contratação de viagens deve ser feita por intermédio de agências. “Uma boa agência tem sempre especialistas disponíveis para te ajudar caso algo saia fora do controle. Ninguém quer sair de férias e ter problemas, então sempre se planeje com antecedência e cautela”, afirma.

Para ter mais dicas de viagens visite o site da Antaris Travel https://www.antaristravel.com.br/ou siga a agência nas redes sociais.

Facebook: https://www.facebook.com/antaristravel/
Instagram: https://www.instagram.com/antaristravel/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCnC1uMP5lNUlaKsmSWExPmA

Aliás, para conferir outras dicas de Cláudio Lutzkat em nosso site acesse nossa aba especial de Turismo clicando no seguinte link: https://bragancaempauta.com.br/category/turismo/

 

 

Deixe uma resposta